quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Tudo o que fazer em Dezembro

Resultado de imagem para dezembro

Dezembro está aí e estamos na reta final para o final do ano. Geralmente é um mês bem corrido e cheio de coisas para fazer, pois, como sempre, acabamos deixando tudo para a última hora. Desorientadas, perdidas e com um monte de coisas a fazer, o stress pode vir com força.

Lembre-se que você é antes de tudo única e procure não se cobrar tanto neste período. Faça um planejamento e seja sincera consigo mesma: faça apenas o que você puder fazer. Esta época do ano é uma época para agradecer (apesar de que o ano de 2017 foi bem cruel) e traçar novas metas.

Resultado de imagem para clothing rack

Guardar as roupas de frio

Com o calor chegando, se você ainda não fez a troca do guarda-roupa para o verão, é hora de fazê-lo. Na maioria do país o mês de Novembro já fez calor (alô RJ e seus 40 graus) e é hora de você avaliar das suas roupas de verão quais você vai manter e quais vai se desapegar.

Limpar ventiladores e ares condicionados

Com o calor chegando e a necessidade de aliviar, surge o uso mais constante dos ventiladores e ares condicionados. Sempre é bom limpa-los para seu melhor funcionamento e para a saúde da família. Limpe as pás do ventilador e os filtros do ar condicionado. 

Resultado de imagem para christmas decor

Fazer a decoração Natalina

Se você ainda não fez a decoração, é uma boa pedida para entrar no clima natalino. Você não precisa comprar nada novo, pode simplesmente usar os itens dos anos passados e a casa vai ficar com outro clima.

Resultado de imagem para school declutter

Guardar os materiais escolares

Em Dezembro, o recesso escolar dos filhos ou da sua faculdade começa. É hora de guardar livros, reciclar papeis e ver o que fica e o que vai ser doado.


Resultado de imagem para kitchen organization

Organizar a cozinha

Com a aproximação das festas, talvez você tenha que cozinhar para uma multidão ou para apenas alguns parentes. Para não enlouquecer, busque reorganizar a sua cozinha para deixar ela mais acessível. Jogue fora produtos vencidos, potes sem tampas, tudo o que você não precisa.

Resultado de imagem para xmas planning

Planeje a ceia Natalina e as comemorações

Para evitar o caos, sempre é bom saber onde serão suas comemorações. Pode ser na sua casa, ou na dos seus pais, sogros, cunhados. Saber disso e programar-se é importante. Faça a lista de convidados, os pratos a serem servidos, a música que será tocada e toda a variedade de utensílio que for necessário.

Imagem relacionada

Fazer a limpeza de ano novo

Para trazer bons fluidos e começar o ano com o pé direito, que tal fazer uma mega limpeza de ano novo? Jogue fora tudo o que não precisa, limpe os cantos com mais cuidado, deixe a casa cheirosa e limpa para 2018.

Resultado de imagem para donation box

Desapegue e doe para quem precisa

Avalie tudo o que você tem e o que não usa: aquele vestido que está encalhado, o casaco que já não lhe serve mais, as roupas das crianças que ficaram pequenas, livros que ninguém vai ler. Junte tudo e doe a quem precisa.

Resultado de imagem para help old people

Faça uma boa ação

Deveríamos estar sempre olhando nossos passos visando boas ações em relação ao próximo, mas acabamos não fazendo sempre. Esta é uma época de enternecer o coração e ajudar: pode ser uma cartinha do papai Noel, doação de cesta básica, auxiliar um asilo ou mesmo ir ajudar alguma ação de sua Igreja (caso você esteja em dificuldades financeiras).

Resultado de imagem para write letter

Faça uma carta para si mesma

Escreva uma carta endereçada a sim mesma a ser aberta em 31 de dezembro de 2018. Fale consigo mesma como se fosse uma amiga, escreva tudo o que gosta em si e tudo o que deseja mudar. Fale dos seus planos e metas para 2018. Ao final do ano você lerá sua carta e perceberá todas as suas mudanças e poderá ver o que mudou e o que estagnou.

Resultado de imagem para new years resolution

Faça resoluções para o novo ano

Sempre bom ter uma meta para o ano novo, ou várias delas! Escreva suas resoluções ou faça um Visionboard. Se você já fez para 2017, avalie aquilo que você fez o que não fez. É um aprendizado muito valioso.

Resultado de imagem para trip plan

Planeje as férias (ou uma viagem curta)


Muita gente tira férias em Janeiro (não é meu caso) e acaba viajando. Mesmo se você não for viajar em Janeiro, pode planejar uma viagem para o próximo ano. Esta viagem pode ser longa ou curta, para perto ou para longe. Que lugares você gostaria de conhecer ou rever em 2018? Tudo depende do seu orçamento para o ano.

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Glossybox: vale a pena?



Quando estava no fim da assinatura da Glambox e comecei a pensar em cancelar, acabei descobrindo o mundo das caixinhas internacionais de beleza, que pareciam bem melhores do que as nacionais que tinha pesquisado, visto que as nacionais não eram muito variadas como a Glambox, geralmente voltadas para cabelo ou para maquiagem apenas. E eu queria uma caixinha de beleza que tivesse tanto maquiagem como cosméticos, além de poder provar produtos de marcas que não chegam no Brasil. A Glambox era para trazer novidades, mas acabou se perdendo e trazia poucas coisas novas, fora todos aqueles itens que eu citei neste post aqui que me fizeram cancelar.

Edição de Abril

Das várias caixinhas e necessaires de beleza que vi, a que mais gostei foi da Glossybox, que era também levemente mais cara que as demais. Isto porque a Glossybox traz mais itens full-size, enquanto as demais trazem mais amostras. Pagando 21 dólares, você pode pegar caixas que valem mais do que o triplo que você pagou. Parece maravilhoso, mas vamos com calma, pois estas caixas não são entregues diretamente no Brasil e você tem que usar um redirecionador de encomendas para enviá-las, o que implica em mais gastos.

Eu assinei o plano trimestral e cada caixa saiu por 19.50 dólares, um descontinho básico que dão para você e não paguei nada a mais de frete até o endereço do armazém nos EUA. Assinei as caixas de abril, maio e junho. Posteriormente, peguei uma promoção e assinei as edições de Julho, Agosto e Setembro por U$ 10 cada.

Edição de Maio

Como funciona a Glossybox?

Se você ainda não tem endereço de redirecionamento dos EUA para o Brasil, vai precisar criar um antes de assinar. Eu usei o Shipito, mas existem outros e inclusive estou querendo testar o USGoBuy em compras futuras. Eles vão gerar um endereço que você vai colocar no site

Como cada caixa de assinatura, na Glossybox você deve preencher um perfil de beleza contando como é sua pele e cabelo e quais tipos de produtos você prefere receber. Achei esse tipo de perfil bem melhor do que o utilizado pela Glambox que assume que você vai receber um blush, independentemente de você usar blush ou não.

Após o preenchimento do perfil, a sua caixa entra em produção e, se você assinou naquele mês, receberá a caixa daquele mês. Então eles enviam para o endereço americano do redirecionador e colocam o rastreamento para você acompanhar.

Edição de Junho

E chega quando?

Quem assina caixas estrangeiras e mora no Brasil tem que ter paciência ou dinheiro para receber a sua caixa. Quando a caixa chegar no seu endereço americano, ainda se torna necessário enviar a caixa para o Brasil, pagando uma taxa de redirecionamento. Há vários fretes com diferentes valores como o Airmail Economy - mais barato, sem rastreamento e mais lento - até DHL (mais caro, com rastreamento e mais rápido), mas mesmo assim não há garantias de que você vai receber a caixa logo. Da minha experiência as caixas demoram de 60 até 70 dias para chegarem dos EUA até o seu endereço no Brasil.

Edição de Julho

Como é a caixinha?

É uma caixinha retangular - geralmente rosa - e vem com um folheto explicando os produtos da edição e como utilizá-los. Abaixo do folheto vem os produtos. Geralmente vem metade dos itens de cosmética e metade de maquiagem, todos seguindo o seu perfil de beleza, alguns em tamanho full size e outros em tamanho miniatura.

Alguns itens que recebi:
  • Máscara de cílios (Doucce)
  • Máscara de cílios (Lancôme)
  • Lápis de boca
  • Batom Líquido Matte (Colour Pop)
  • Kit com 7 ampolas de skin care (Babor)
  • Balm de Limpeza Facial (Emma Hardie)
  • Hidratante Capilar (Kevin Murphy)
  • Shampoo e Condicionador (Diversas marcas)
  • Pincel para pó
  • Pincel escovinha (The Crème Shop)
  • Máscara facial (Freeman Beauty)
  • Máscara em Sheet (Sesha)
  • Esmalte (Morgan Taylor)
  • Iluminador (Glo by Manna Kadar)
  • Óleo capilar (Wella)
  • Óleo labial (Julep)
  • Blushes (Doucce)
  • Brow Tamer (Pixi by Petra)
Edição de Agosto

E as edições?

Algumas edições são melhores, outras são piores, depende muito das suas preferências. Gostei muito da edição de Abril (com as ampolas)  e da Junho, mas acho que a edições posteriores deixaram um pouco a desejar. Paguei nas últimas U$ 10 em uma promoção, mas não sei se valeriam os U$ 21.

O que acho interessante na Glossybox é o fato de eles fazerem edições bem variadas: sempre vem algo de pele, cabelo, alguma maquiagem, mas raramente recebi o mesmo tipo de produto. Recebi em 6 meses duas máscaras de cílios, 2 pares de shampoo e condicionador. 2 pincéis, 2 blushes e 2 batons líquidos.

Outra coisa legal são as marcas diferentes para testar: muitas delas não chegam ao Brasil e das que testei achei muito boa a qualidade. Não testei ainda todos os produtos, mas vejo no geral muitos elogios referentes às marcas conveniadas. Fora que é comum receber algo da La Roche Posay, Colour Pop ou Lancôme, marcas já consolidadas e amplamente conhecidas.

Edição de Setembro

Vale a pena pagar?

Olha, tudo depende de como anda o seu bolso. A caixinha sai por U$ 21, o que dá mais ou menos uns R$ 65,00, só que ainda tem o custo de redirecionamento para quem mora no Brasil, o que sai na faixa de U$ 10 a U$20 dólares, dependendo do peso da caixa. Então uma caixa média vai custar em torno de U$ 36, o que dá R$ 115,00. Sendo que eles alegam que o valor da caixa em produtos às vezes supera os U$ 80 dólares, o que daria perto de R$ 260 de valor em produtos.

Com R$ 115 reais pode-se comprar caixinhas bem legais como a IMakeBox e a Box da Beauty e ajudar a economia nacional, além de ter um trocado que sobra por mês.

Fora que, dificilmente as caixinhas chegarão no mesmo mês, ou seja, você terá que esperar, esperar, esperar. A minha edição de Junho chegou em Outubro, depois da de Julho e Agosto. Ou seja, santa paciência.


Por que eu cancelei a assinatura?

Eu gosto da Glossybox? Sim! Conheci marcas e produtos ótimos, mas eu estava atolando em produtos a serem usados e querendo enxugar minhas finanças para novos projetos. Como as edições já não estavam me dando muita satisfação eu resolvi cancelar a assinatura. 

A caixa é boa? Sim! Nenhum produto veio com validade expirada, nem vazando nem a caixa danificada. É tudo muito bem embalado e feito com carinho. Mas eu resolvi me focar em realmente comprar apenas o que estava precisando. Eu tenho blush para mais de 5 anos, é muita coisa! Máscara de cílios então! Então, por esses motivos, resolvi cancelar pois ela voltaria ao preço normal.

Voltaria a assinar? Claro! Ainda mais se houver alguma promoção da caixa a um preço mais atrativo e depois que eu desovar parte da minha coleção de cosméticos e maquiagens.

E o cancelamento como é? Super simples! Nada torturante como o da Glambox. Você aperta um botão, confirma e voilà: sua edição foi cancelada.

E vocês, já utilizaram a Glossybox? O que acham dela?



sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Sheet Masks: conheça a mania de beleza que veio da Coréia


A Coréia do Sul é famosa por suas invenções na área de beleza e maquiagem. Com marcas consolidadas no mercado e uma verdadeira obsessão da sua população por beleza e cuidados pessoais, o país virou referência nos tratamentos de beleza, exportando-os para o mundo inteiro.

Uma das invenções do país são as Sheet Masks, ou máscaras de pano, as quais se tornaram uma verdadeira obsessão entre as celebridades no Instagram. As Sheet Masks são máscaras faciais feitas de um tecido bem leve e absorvente embebidas em diversos ativos.

Mas como usá-las? Onde encontrá-las?Aqui no Brasil ainda são um pouco caras e algumas empresas como a Belliz e a Dermage oferecem algumas opções, embora em menor variedade. Você pode encontrar muitas opções em sites como o Ebay e o Aliexpress, nos mais variados propósitos possíveis.

Primeiro, para máscara fazer mais efeito é importante usá-la com o rosto limpo. Ou seja, é muito importante tirar qualquer maquiagem ou resquício de sujeira. Se você quiser ainda, pode esfoliar a pele antes para retirar as células mortas e aumentar o potencial da máscara.

Depois, é importante seguir as instruções do encarte da máscara. Lá geralmente tem o tempo que se deve ficar com a máscara. O pano ajuda a pele absorver melhor o produto, mas se ficarmos mais tempo que o necessário, o pano pode sugar de volta a hidratação da pele, então é importante não exceder o tempo da máscara.


Após tirar a máscara, gosto de massagear o rosto e o pescoço com o restante do produto e eu não lavo o rosto, deixo ele absorver o produto.

Vale lembrar que existem diversos propósitos para as máscaras:

  • Antioxidantes: eliminam radicais livres da pele e previnem o envelhecimento. Ex: Vitamina C, Romã
  • Clareadoras: retiram manchas da pele, deixando-a mais clara. Ex: Pérola, Rosa Mosqueta.
  • Hidratantes: repor a água perdida na pele. Ex: Ácido Hialurônico, mas a maioria delas é também hidratante.
  • Controle de oleosidade: limpam os poros e equilibram a pele oleosa. Ex: Pepino, carvão ativado
  • Antiaging: previnem contra os sinais do tempo e são firmadoras, agindo em rugas e linhas de expressão. Ex: Colágeno
Quanto à frequência de uso, isso vai de cada uma. Na Coréia as pessoas usam uma por dia, mas pode ser que você não tenha tempo para isso. Como uso outros tipos de máscaras, uso uma cada duas semanas. Lembrando que o efeito da máscara é gradual e você só vai sentir os benefícios completos se utilizar sempre, isto é, se incoporar as máscaras ao seu cronograma facial (pode ser diariamente, semanalmente, quinzenalmente).


Resultado de imagem para sheet mask

Uma boa dica é aproveitar o momento do uso da máscara para simplesmente relaxar, ser o seu momento de beleza. Eu gosto de aplicar ela no fim de semana, à tarde quando meu filho está na sua soneca. Então eu coloco a máscara, me deito e aproveito o momento.


domingo, 22 de outubro de 2017

A relação qualidade x preço de um produto




Já faz algum tempo que eu me questiono sobre o que pesa no preço de um produto, do tipo, o que faz um mesmo produto poder ter um certo valor ou até 20x mais esse mesmo valor? Por que temos um esmalte custando R$ 2,00 e um outro que custa mais de R$ 100,00? Seria apenas a marca ou algo a mais?Sabemos que o peso de uma marca custa mais apenas pela demanda e por ser um item de desejo, mas provavelmente devemos avaliar outros aspectos de um produto para definir se ele vale o quanto custa e se ele cabe no nosso orçamento.

Qualidade do produto

Um dos aspectos que afeta o preço do produto é a qualidade do produto em si, isto é, a utilização de matérias-primas selecionadas, a não-utilização de produtos barateadores ou nocivos, a realização de testes exaustivos antes do lançamento do produto e a qualidade que percebemos no uso produto. O uso de matérias-primas selecionadas não implica que  o produto será efetivo e terá sucesso e temos o exemplo de diversos produtos que simplesmente não decolaram (e até falharam gravemente) pois não deixaram as clientes satisfeitas.

A qualidade de um produto é muito percebida nos resultados:
  • O sérum que atenua as rugas de fato
  • O blush que fica na pele 8h seguidas
  • O perfume que fixa bem e dura muito
  • O limpador facial que tira a maquiagem e a sujeira sem agredir a pele.
  • A sombra que é pigmentada e não esfarela.
  • A base que não oxida e nem deixa a pele brilhando (e tem excelente cobertura)
  • O protetor solar que protege, deixa a pele seca e ainda hidrata

E por aí em diante. A questão é que mesmo que os produtos melhorem, ainda vão surgir mais exigências e o mercado e as empresas estão sempre sensíveis a isso.

Resultado de imagem para cosmetics lab

Tecnologia inovadora

Muitas empresas têm laboratórios de ponta para desenvolver novas substâncias que atendem aos desejos das clientes. Foi assim que foi criada a nanotecnologia, as micelas e os dermocosméticos, além de novos pinceis. Tecnologia custa caro e muitas vezes não tem retorno. Esse investimento encarece muito os produtos.

Qualidade de embalagem

Embora isso possa parecer irrelevante, considero esse ponto muito importante para alguns produtos. Já tive blush que quebrou a embalagem só com o desgaste do uso e pó compacto que caiu no chão e a embalagem ficou que nem nova. Desde a apresentação do produto (o que já causa vontade ou não de usa-lo) até a ergonomia, existe muito estudo de qualidade de material e em alguns produtos eu acho interessante um investimento maior em embalagem, especialmente aqueles que vão ser usados por mais tempo como:
  • Blushes
  • Paletas de sombra
  • Máscara de cílios
  • Delineadores
  • Sérum facial

Impacto ambiental

Aí entra um pouco de engajamento, mas a verdade é que sai mais caro para uma empresa ser ambientalmente correta:
  • Testes em animais são bem mais baratos que testes em cobaias humanas (que tristeza), então a contratação de pessoas para teste de produto custa bem mais caro.
  • Uso de produtos naturais e que não impactam no ambiente
  • Desenvolvimento de embalagens que sejam retornáveis ou biodegradáveis
  • Fomentação de comunidades de produtoras.

Produtos que vale a pena investir

Existem algumas categorias de produtos que valem a pena gastar mais dinheiro para investimento, pois a relação preço x qualidade compensa:
  • Dermocosméticos: a tecnologia e substâncias utilizadas impactam no envelhecimento da pele e bloqueiam os efeitos visíveis da idade
  • Protetor solar: um bom protetor solar vai evitar câncer de pele e vai evitar manchas e envelhecimento precoce da cútis.
  • Cosméticos para olhos e pescoço: como são regiões mais sensíveis, vale a pena investir mais dinheiro.
  • Reconstrutores capilares: como são utilizados vez ou outra, tecnologia é muito importante e custa caro.
  • Base: uma boa base faz toda diferença no visual e acho interessante investir em uma base que seja hidratante.
  • Corretivo: pelo mesmo motivo da base, um corretivo de qualidade é muito interessante para evitar acúmulos nos olhos e irritação.
  • Paleta de sombras: uma boa paleta de sombras é um investimento e muda drasticamente o visual e sua durabilidade.
Produtos que não vale a pena investir muito

  • Esmalte: esmalte em geral é muito parecido o efeito e um esmalte mais caro não vai durar muito mais que um esmalte de R$ 3,00
  • Batom: outro produto cuja qualidade é pouco percebida apesar da diferença de preço. Um batom de R$ 150,00 pode ter um equivalente de qualidade por R$ 20,00.
  • Shampoo: outro produto cuja percepção de preço pouco altera na diferença de qualidade.
  • Máscara de cílios: também não vemos muita diferença no efeito de uma máscara de R$ 30,00 para uma máscara de R$ 200,00, pois o efeito é quase mínimo.

Concluindo, impacta muito no preço de um produto. Em posts futuro quero me estender mais sobre produtos e sua qualidade percebida, penso em falar sobre qualidade x preço de maquiagem e cosméticos.

domingo, 8 de outubro de 2017

Um ano de Glambox


Assinaturas são coisas viciantes, não é mesmo? Por muito tempo assinei revista e amava quando chegava na minha porta. E a oportunidade de assinar uma caixa personalizada cheia de cosméticos e maquiagem me atraiu quando descobri a Glambox e foi assim que resolvi assinar durante um ano esse serviço. Receber todo mês uma caixinha cheia de mimos é algo que realmente me encanta, algo que brilha os olhos. Tudo isso por R$57 mensais (usei cupom de desconto).

Mas, por que depois de um ano eu cancelei? Vamos dizer que a grama do vizinho é sempre mais verde e por vários fatores acabei cancelando a assinatura.

Primeiro, devo esclarecer uma coisa que muitas assinantes não sabem: a verdade é que a Glambox, o nome da empresa conforme sai em sua nota fiscal é Glambox Serviços de Marketing. Ou seja, embora do nicho de cosméticos e maquiagem, o foco da Glambox é marketing empresarial, no qual empresas podem tornar mais visíveis seus produtos e até alavancar suas vendas. Mais que isso, realmente fidelizar produtos ao enviar amostras ou produtos full-size. Além de repassar informações de feedback das assinantes sobre os produtos testados para as marcas. Preciso esclarecer isso antes.


Atraso nas edições

Achei a empresa muito desorganizada nesse quesito. Se caixa é de Setembro, é para ser recebida em Setembro, e não em Outubro. E isso aconteceu comigo e acontece com muitas assinantes. Isso acontece porque as caixas começam a ser remetidas na metade do mês e algumas só ao final do mês. Como o Brasil é um país enorme e os nossos sistemas de logística são horríveis, dá nisso. Uma solução simples seria a Glambox fazer uma força-tarefa para evitar esse ciclo vicioso e começar a remeter as caixas no início do mês, como é feito com as caixinhas gringas.

Prazos de vencimento

Já peguei muito produto quase vencendo e acho que isso não é bom, pois não permite muitas vezes que testemos os produtos. Teve esmalte vencendo em dois meses e body splash vencendo em 1 mês. 

Desrespeito ao perfil

Isso acontecia muito, gente com cabelos lisos receber produto para cabelo cacheado. Acho até que a Glambox melhorou nesse quesito, especialmente quando tirou a seção de estilo da assinante. Mas tenho uma sugestão adicional: eles poderiam colocar no questionário quais tipos de produtos as assinantes gostariam de receber e quais as cores favoritas. Isso evitaria a quantidade de batons rosa que eu e muitas assinantes recebemos.

Política de Cancelamento

O cancelamento era uma tortura e muitas vezes tinha que ser feito na força bruta: ir lá e trocar o número do cartão de crédito. O serviço de atendimento era demorado e para os planos anual e semestral existe uma multa pelo cancelamento. Em outras empresas, como a Glossybox, o cancelamento é rápido e fácil.



Os pontos positivos

Não posso deixar de citar os pontos positivos da experiência: com certeza tiveram muitos. Entre eles, conhecer novas marcas, testar produtos mais caros, o Glamclub que permitia as trocas de pontos por produtos (e eu nunca tive problemas com o Glamclub), além das caixinhas muito lindas.

Resultado de imagem para ipsy

Conhecer outras caixinhas

Eu sou curiosa e acho que uma série de coisas me fez saturar da Glambox após 1 ano. Infelizmente tendemos a olhar o copo mais vazio do que cheio e eu resolvi me dar este tempo para conhecer outras caixas como a Glossybox e a Ipsy.

Se voltaria a assinar a Glambox? Com certeza, se soubesse que as caixinhas fossem mais pontuais. Ainda acompanho as caixinhas por aí e vejo ue a Glambox deu uma melhorada no conteúdo, então pode ser que daqui a algum tempo eu volte a ser assinante.

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Temas para Outubro

Outubro está aí e a primavera, além disso temos a campanha do Outubro Rosa, que visa prevenir e conscientizar sobre o perigoso câncer de mama. E também é o mês do meu aniversário. Com isso, preparei alguns temas para usar no seu aparelho celular e no seu computador, para deixar o seu mês mais rosa e florido. Para baixar basta clicar na imagem e salvá-la em seu aparelho ou computador.

Wallpaper para Celular

Wallpaper para Computador

Wallpaper para Computador

Gostaram? Em Novembro tem mais!

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Xô Peste!


Eu estive afastada do blog e até do Insta no início de julho e não foi à toa não: tinha muitas coisas a cumprir no trabalho e o meu filho adoeceu duas vezes neste último mês. Eu sempre achei que ele tem a imunidade bem alta, mas é aquela coisa: a escola e o convívio com outras crianças acaba com o contágio de doenças bacterianas e viroses, então é quase impossível não adoecer. E quanto mais nova a criança, mais suscetível ela está para pegar e transmitir doenças, porque muitas vezes ela não sabe bem expressar como se sente e acaba indo para escola mesmo assim, antes de se detectar uma febre ou mal estar.

Preocupada com este fato, passei a pesquisar algumas coisas para aumentar a imunidade do seu filhote no período escolar.


Evite aglomerações nos períodos críticos

Sabemos bem que levar as crianças no parquinho do shopping ou do restaurante é uma necessidade, mas existem épocas do ano em que a incidência de doenças contagiosas é maior devido a mudanças climáticas. Períodos de abril a junho e de setembro a novembro são conhecidos pelo aumento de viroses e gripes entre crianças. A ideia é evitar o máximo ir nesses períodos, especialmente se a criança estiver ainda se recuperando de uma doença.

Imagem relacionada

Mais frutas e vegetais

Vitamina C e Betacaroteno são conhecidos por aumentar a nossa imunidade. Eles estão presentes em frutas e vegetais que consumimos como laranja, limão, morango, goiaba e cenoura. Isto se deve ao fato dos fitonutrientes estimularem a produção de glóbulos brancos, as células do sangue responsáveis por atacar agentes infecciosos.

Boa qualidade de sono

Isso é uma coisa bem difícil de atingir pois sabemos que o excesso de estímulos limita o sono das crianças. Todavia o sono é essencial para recompor as células que combatem agentes infecciosos e, segundo estudos, pessoas privadas de sono tendem a adoecer com maior facilidade. Portanto, tente sempre manter a soneca diurna e colocar o seu filho para dormir mais cedo, reduzindo os estímulos à noite.


Exercícios físicos

Sim, os exercícios físicos ajudam a criança a fortalecer o sistema imunológico pelo mesmo motivo de uma noite bem dormida: o aumento das células combativas. Também auxilia na atividade cardiovascular, no desenvolvimento pulmonar e muscular e evita a obesidade infantil. Pode ser uma atividade regular como escolinha de judô, natação ou basquete ou mesmo na brincadeira: pedalando, correndo, jogando bola.

Bons hábitos de higiene

Ensinar o seu filho a boa higiene não é apenas bons modos como pode auxilia-lo a se defender dos germes. Ensine-o a lavar a mão antes das refeições e após o banheiro, a limpar o nariz com o lenço descartável, além de banhos após frequentar ambientes públicos. Troque sua escova de dentes periodicamente, pois elas são ambientes propícios a germes.

Evite antibióticos

Antibióticos foram o mal de nossa geração pelo uso indevido e muitos pais hoje pressionam o pediatra para que ele receite esses remédios. Todavia os antibióticos deve ser usados só quando necessários e da maneira correta, fazendo uso até o final do tratamento, senão podem gerar o que se chama de superbactérias.


Evite açúcar

O açúcar é o grande vilão dos nossos tempos, pois ele joga acidez e radicais livres no nosso corpo, suprimindo o nosso sistema imunológico. A dieta do seu filho deve ter o mínimo possível de açúcar, proveniente apenas das frutas e do leite que ele consome.

Probióticos são aliados

Todos nós temos uma flora gastrointestinal e por vezes, seja por uma doença ou uma medicação, acabamos comprometemos essa flora. Os probióticos são agentes biológicos que ajudam a recompor esta flora e recomenda-se a ingestão de lactobacilos e bifidobactérias.

Suplementação

Sabemos que nem todas a crianças se alimentam bem ou tomam bastante sol. Então pode-se suplementar com vitamina D e zinco, que são os maiores aliados do sistema imunológico do ser humano.


Repelente

Aqui no Sul são raros os casos de dengue e chigunkuya, mas em outras regiões do Brasil há verdadeiros surtos. Por isso, principalmente nas épocas de proliferação dessas doenças, passe repelente adequado à idade do seu filho.


Vacinação em dia

Mantenha sempre as vacinas de seu filho em dia, cumprindo os calendários de vacinação, isso é batido mas extremamente importante.