quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Os cadernos temáticos da Moleskine

Gente, acho os Moleskines uma fofura! Criados baseados naqueles caderninhos de escritos de Ernest Hemingway e Jack Kerouac, são de origem italiana e hoje em dia temos diversos tipos para todos gostos, desde cadernos de anotações, agendas, catálogo de endereços e aquareláveis.

Mas o que eu acho mais legal na marca é a linha Passion Journal, pois são caderninhos temáticos que podem ser utilizados para registrar suas paixões e possuem um template especial dependendo do tema. Tem diversos tipos tais como jardinagem, vinhos, e tem até para acompanhar o seu bebê.

Todos eles vêm com adesivos para marcar e decorar as páginas. Abaixo mostro os mais interessantes.

Jardinagem


Bebê







Casamento



Vinhos


Estilo

 
Vida Doméstica


Café

Chá

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

A síndrome do "Eu não sei o que vestir"



Quantas vezes já cheguei no meu armário ou closet e simplesmente não sabia o que vestir. Tinha na minha frente muitas e muitas roupas, tinha que sair rápido mas ficava minutos e minutos olhando sem reação, sem saber qual roupa escolher. Tinha vezes que dizia: "Eu não tenho nada para vestir" e me desesperava. Na verdade eu tinha sim! Mas estava perdida no caos de um closet desorganizado e sem identidade. Isso já aconteceu com você? Provavelmente sim! E se você se frustra toda vez que tem que sair de casa e escolher uma roupa, então está na hora de realizar algumas mudanças na maneira como você organiza suas vestimentas e acessórios.

Primeiro, antes que você ache fútil, é muito importante a maneira como você se apresenta. Eu já falei isso no post "As características de uma mulher equilibrada". O jeito como você se mostra é essencial para passar a imagem do que você é. Vivemos em um mundo de aparências no qual a maneira como você se apresenta é a primeira impressão que as pessoas vão ter de você. Se você vai trabalhar com um short rasgado, provavelmente não passará uma imagem de pessoa comprometida. Assim como, se você vai de calça jeans a uma formatura, passará a impressão de que não dá à ocasião a sua devida importância. As roupas e os acessórios que você veste passam a sua mensagem e através deles você pode dizer sem palavras que é uma pessoa competente, respeitável, entre outros. Enfim, você pode dizer como você é.

Mas como resolver isto? Existe maneira? Preciso ir a um desses consultores de estilo? Preciso jogar tudo fora? Não, e aqui vão algumas dicas que aprendi pesquisando e colocando na prática e acredite: hoje é muito mais rápido.

Defina seu estilo

Seu guarda-roupa não pode ser um carnaval: ou você é a roqueira ou é a moça do terninho. Se você não tiver um estilo, fica difícil combinar as peças roqueira com moça do escritório. Defina as cores que você gosta, os tipos de peças e os tipos de sapato. Procure inspiração na internet e vá definindo o que você gosta. Ex: navy, listras, tons nude, preto, blusas de seda... Anote tudo para orientar nas suas próximas compras e você acabar não comprando aquele vestido florido que nunca vai usar pois não é sua cara.

Doe tudo aquilo que não entra no estilo e planeje a compra dos itens. Mantenha sempre na mente o que entra e o que não entra. Meia arrastão? No way! Saia lápis? Yes! Coturno? No way! Sapatilha? Yes.

Importante aqui é o autoconhecimento: quem sou eu? O que quero prá mim? Como quero que os outros me vejam? É um processo gradual, que leva tempo, mas que você pode construir desde já.

Utilize o método KonMari


Marie Kondo é uma japonesa que escreveu um livro inspirador chamado "A mágica da arrumação" e vem fazendo a cabeça de muitas mulheres no quesito de organização. Ela ensina como dispor as roupas, como organizar escritório e um de seus lemas é: 'Jogue fora tudo que não faz seus olhos brilharem'. Isto é, se livre das coisas das quais você não gosta, que não te trazem alegria ou que foram presente de alguém e estão lá só por isso mesmo.

A técnica é simples: percorra seu closet e pegue item por item. Se o item te trouxer alegria, mantenha. Senão, doe ou jogue fora. Isso pode ser estendido a peças manchadas, puídas, rasgadas e que não podem ser consertadas e também a peças que não servem mais ou não cabem no seu estilo. Um armário clean é mais fácil de se ver as peças e de se sentir bem com o que se vê lá dentro.

Faça um inventário do que possui

Sim, o ideal é que vejamos tudo o que temos mas muitas vezes temos um vestido de festa ou nos esquecemos daquela blusa no fundo do armário. Por isso é importante fazer um inventário de nossas posses, desde as bijuterias até os casacos de frio. Existem apps como o StyleBook para Mac e o MyDressing para android.


Crie looks

Agora você já sabe o que tem e precisa combinar. Tire um tempo e crie looks com suas roupas, sapatos e acessórios. Eles são a salvação de quem precisa sair com urgência e não sabe por onde começar. Você pode fazer isso enquanto espera a consulta médica ou até enquanto espera o inhame cozinhar.

Organize por cor, função e categoria


Se você criar um esquema de organização para seu armário, tudo ficará mais fácil tanto para encontrar aquela roupa como para visualizar o que deseja. Aqui vão algumas dicas:
  • Deixe as suas roupas de trabalho todas juntas em lugar acessível pois você geralmente deve achá-las com mais rapidez. Recomendo que estejam penduradas no ângulo de sua visão.
  • Deixe as roupas de sair embaixo, separadas das roupas de trabalho.
  • Organize por função: blusas próximas a blusas, calças junto de calças, cintos todos juntos.
  • Dentro da organização faça a escala de cores, além de ficar lindo, fica mais fácil achar uma blusa azul ou uma calça branca no montante.

Programe-se para os momentos especiais

Vai a um casamento? Programe-se antes definindo a roupa, o sapato e os acessórios. Coloque na agenda com antecedência que deve lavar e passar o vestido, o sapato tem que ganhar polimento ou que tem que comprar umas pulseiras bem bonitas.

Vai viajar para a praia? Faça um checkup das duas roupas de banho, saídas de praia, chapéu, sandália.

E então, mamães? O que fazem para deixar o closet mais lindo e acessível?




sábado, 23 de janeiro de 2016

As cores Pantone de 2016

Todo ano surgem as cores Pantone que vão definir as roupas, acessórios e até gadgets do ano. Você já pode se preparar para ver cabides e mais cabides das lojas com as tonalidades que serão tendência na indústria têxtil e de acessórios.

Quer saber quais são? Já te adianto: esse ano vai ser das cores pastel e parece que os anos 90 voltaram com força. Mas ainda há esperança de uma vividez em algumas delas. Vem comigo que te mostro!



Rose Quartz
Esse rosinha já foi modinha nos anos 90, contemplando diversos looks da época. Na minha opinião acho meio enjoativo mas ficará bem em peles negras pelo contraste. Se prepare para muitos terninhos e calças nessa cor: acho que vou vomitar.
É claro que na Audrey Hepburn ficava lindo!



Peach Echo
O coral da vez, bem puxado pro laranja. Gostei desse e acho que ficará bem em alta nos acessórios.


Serenity
Outra cor bem em voga e que sinceramente não gostei. É um azul bem sem graça e que vai estar circulando em muitas blusas por aí. Não quero nem ver os terninhos dessa cor combinados com blusinhas Rose Quartz.


Snorkel Blue
Pára tudo! Essa cor é linda! Pode chover roupas e acessórios e sapatos! Quero todos! Esse é o chique dos chiques.



Buttercup
Um amarelo que só fica bem em peles mais morenas, achei meio sem graça, sem originalidade, mas ficará bonito se combinado em detalhe com Snorkel Blue.



Limpet Shell
Um turquesa mais clarinho, outra cor enjoativa que você vai estar enjoada até 2017. Talvez um acessório ou blusinha, um detalhezinho ou outro, combinado com uma roupa de tons neutros.




Lilac Gray
Essa cor é chique! Mas deve ser usada com parcimônia para não virar uniforme. Ficará linda em acessórios de pedraria, bolsas e sapatos.



Fiesta
Vermelho lindão, levemente puxado para laranja. Ficará lindo em uma peça de roupa (principalmente nas de cima) e em sapatos.



Iced Coffee
A cor mais neutra da paleta, achei meio sem graça. Mas fica bonita numa calça de alfaitaria se combinada com itens mais vistosos como Snorkel Blue, Buttercup e Fiesta.


Green Flash
Não gosto muito desse verde e não imagino nada bonito com essa cor por enquanto. Talvez fique legal em uma pedraria, mas algo bem discreto.


E então? O que acharam das cores deste ano? Quais as suas favoritas?

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Isto e Aquilo - Janeiro/2016

Nesta seção, que pretendo publicar mensalmente, trago as coisas que eu gostei e que me chamaram a atenção no mês de Dezembro. Trago aqui produtos, receitas, links, livros e outras coisas mais.

Links

Filhos não impedem que as mulheres tenham uma carreira
Nesta matéria de El País, se fala do livro Faça Acontecer – Mulheres, Trabalho e a Vontade de Liderar (o qual quero muito ler quando tiver tempo) e sobre estudos que falam que os filhos não impedem a mulher de ter uma carreira e sim, os cônjuges. Portanto, mulheres, escolham bem seus maridos/namorados!


Saúde é muito importante, né? Foi pensando nisso que o Pebble, o smartwatch traz agora um novo app chamado Pebble Health, que conta seus passos, as horas dormidas e se integra ao Google Fit e o Apple Saúde.

Neste vídeo temos várias mulheres (e meninas) falando coisas que você provavelmente já ouviu na sua vida. É muito interessante.

Produtos


Effaclar Gel Desincrustante, da La Roche Posay

Eu nunca pensei que aos 30 anos ainda ia ter acne, pensava que ia acabar assim que chegasse aos 20, e realmente por um tempo que pareceu que sim. Só que desde que engravidei venho sofrendo com acne e pele mega oleosa. E isso persiste mesmo após o desmame, Sou fã do Effaclar pois é um sabonete que ajuda no controle da oleosidade da minha pele sem deixa-la repuxada e causar o rebote de oleosidade. Esse mês comecei a usar o Effaclar Gel Desincrustante e estou amando! A grande vantagem dele é que sinto meus poros ainda mais limpos e a pele bem refrescante, além de controlar a oleosidade super bem e evitar acne.

Alimentos
Chia e Quinoa
Pensando na necessidade de fazer um detox e emagrecer um pouco, introduzi a chia e a quinoa no meu cardápio matinal. Elas são fontes de proteínas, possuem baixo valor calórico e incham no seu estômago, causando saciedade. Incluo elas no iogurte e juro que não alteram o gosto.

Filme

Para sempre Alice
Neste filme, protagonizado maravilhosamente por Julianne Moore, vemos a personagem Alice, uma mulher como nós, que ama o trabalho e o conhecimento, tem família, faz atividade física; resumindo, tem a vida perfeita. Todavia ela descobre que possui uma espécie de Mal de Alzheimer que afeta as pessoas precocemente e que faz com que ela vá vivendo estágios de esquecimento. Pelas fases do Alzheimer, ela vai tentando se reconectar a sua família e a si mesma. Um ótimo filme com uma ótima reflexão para nós mulheres.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Como lidar com as cólicas do bebê


 Os nossos filhos mal vêm ao mundo, tão diferente do ambiente intrauterino, e já começam a penar nas agruras que o mundo traz: as dores. Sejam cólicas ou mais para frente os dentes, parece que não há explicação plausível para criaturas que não compreendem nada do mundo compreenderem a dor que ele traz. Num período que pode ir desde à chegada ao mundo até 4 meses, alguns bebê sofrem de cólica, sendo o mais crítico o período em que completam 6 semanas.

Mas por que os bebês têm cólicas? Como sabemos, até nascer o bebê não usou completamente o seu sistema digestivo. Na barriga da mãe, não há deglutição, digestão: tudo é passado via cordão umbilical. O bebê quando nasce, portanto, tem o sistema digestivo imaturo, especialmente nos intestinos, o que causa muitos gases. Mas por que alguns bebês não tem cólicas? Isso eu sinceramente não sei explicar.

O Pedro nem tinha saído da maternidade e já começou com cólicas, a médica disse que não era possível, que as cólicas só viriam após 15 dias mas nele começou em seu dia de chegar em casa. Ele se contorcia, ficava vermelho e tinha um choro estridente. E nós tentando descobrir o que fazer.

O Pedro teve cólicas até 4 meses, mais ou menos, não sei com acurácia quando pararam pois a partir de 6 semanas elas ficaram controladas. Não sou médica e sempre indico que o melhor que você pode pedir é a indicação pediátrica de como curar as cólicas. Eu obtive algumas aqui e outras foi na vivência e experimentação então preciso dizer que não há fórmula mágica e que cada bebê é diferentes. As dicas que dou aqui funcionaram para o meu bebê, ok? São classificadas em preventivas e paliativas e acho importante se focar nas preventivas pois foram elas que permitiram que as cólicas fossem controladas em um certo momento. As paliativas servem para aliviar as dores quando as cólicas já chegaram.

Medidas Preventivas

ColiKids
Esse é um probiótico passado pela médica para amadurecer o sistema digestivo do Pedro. É um fármaco relativamente novo e um tanto caro: se paga 70 reais por apenas 5ml. Mas ele ajudou bastante, acredito eu, pois o Pedro começou a tomar e já vi melhoras. E de toda forma, usa-se apenas 4 gotas por dia, o que rende em torno de 1 mês.



Massagens e Shantala
As massagens, além de conectarem a mãe com o bebê e proverem um momento de relaxamento, ajudam sim a prevenir cólicas pois atuam auxiliando na execução dos movimentos peristálticos. A Shantala é ótima, se puder, faça curso! Fazia as massagens com óleo até 4 vezes por dia e sentia que ele aliviava bastante. Nesse vídeo tem um procedimento de massagem que eu fazia geralmente após o banho ou troca de fraldas:


Banho morno
Sim, um banho morno ajuda, pois o calor faz com que o bebê solte os gases e relaxe. Pode ser na banheira ou no ofurô.

Controle sua alimentação
Esse é um tópico emblemático: alguns médicos dizem que sim, outros que não. Se você amamenta, pode ser que os alimentos que você ingere causem cólicas no bebê. Na prática funcionou para mim o fato de excluir alguns alimentos da minha alimentação (visto que eu amamentava), pois eu notava a diferença nele de eu comer ou não tal alimento. Os alimentos que exclui foram: laticínios (queijo, leite de vaca, requeijão, iogurte, creme de leite...), feijão, brócolis e chocolate. De tempos em tempos ia tentando adicionar algum alimento de novo. Por exemplo, voltei aos laticínios com 3 meses e não houve cólicas. Com feijão, aos 3 meses e meio. O mais demorado foi o chocolate, que pude ingerir aos 4 meses sem crises de cólicas.


Tome chá
Se você amamenta, tome chá de erva doce ou camomila. Esses são ótimos chás digestivos e passam pelo leite para o bebê, além de hidratarem você para produzir mais leite. Tomava uma jarra de erva doce pela manhã e uma jarra de camomila pela tarde. O bom da camomila é que ia acalmando e ele passou a ter um soninho mais pesado à noite (o sonho de toda mãe) e com apenas 2 meses já dormia a noite toda (isso é, 5h direto).


Medidas Paliativas

Simeticona
A médica indicou dois: Luftal ou Flagass: 1 gota por kilograma do bebê. O que achei que mais fez efeito foi o Flagass e sempre usava quando ele tinha crises.

O calor na região
Aqui você pode contar com o papai, pois os homens têm a temperatura corpórea mais alta, o que faz liberar gases. O Pedro sempre fazia cocô quando estava no colo do pai ou do avô. Se o papai não estiver disponível você pode colocar um uma fralda morninha ou uma compressa, mas cuidado com a temperatura: nada muito quente.

Barulho Branco
O white noise é um barulho como se fosse de TV sem canal sintonizado, o que dizem ser o barulho do útero. Eu usei muito e realmente acalmava ele, às vezes ajudava até a dormir. Você encontra no youtube e diversos aplicativos de white noite para celular.

Dar o peito ou a chupeta
Sim, se o calor e a simeticona não derem certo, apele ao peito. O ato de mamar acalenta o bebê e pode até fazê-lo dormir. Dar de mamar foi a solução maravilhosa na 4ª semana, a mais crítica em cólicas para nós. Se você não amamenta pode tentar dar a chupeta como consolo para a dor mas não insista se o bebê cuspir.

Coisas que não Funcionaram

Funchicória
Comprei a tal da Funchicória - um pó rosa que vende em farmácias de manipulação - no desespero mas não via efeito nenhum de melhora. No Pedro não funcionou e olha que testei várias vezes.

Água de Ameixa
O desespero é tanto que até isso fiz, ultrapassando as recomendações da OMS. Mãe é assim: tenta de tudo prá ver o filho bem. Cometi essa gafe. Dizem que deixar ameixas descansando em água e depois dar essa água ao bebê funciona para aliviar cólicas mas não vi efeito nenhum nele. Hoje ele come ameixas e adora, mas na época pode até ter feito mal, viu?

Nos Momentos de Crise

Mantenha a calma
Ninguém gosta de ver o bebê chorando, ainda mais por horas a fio. Pode ser que nada funcione, então podemos ficar nervosas. Tente manter a calma e dizer o mantra "Tudo na vida passa, logo logo isso vai passar". Se você estiver muito nervosa, chame alguém de confiança para ficar com seu bebê até se recompor. Fiz muito isso: pode ser marido, sogra, mãe, amiga. Se você crê em Deus, reze.

Cante para o bebê
Tem alguma música que você cantava antes de ele nascer? A partir da 23ª semana, o bebê já consegue ouvir sua voz a partir do útero. Senão, cante uma música calma e tranquila e nine ele um pouco. Você pode consola-lo também dizendo quanto o ama e que logo tudo vai passar, dando tapinhas leves nas costinhas (bem leves, ok?).

Analgesia
Em último caso, a médica disse que poderia usar um analgésico para bebê a base de paracetamol. Mas só usei umas duas vezes e controlando para não dar demais pois paracetamol deve ser utilizado com cuidado para não afetar o funcionamento do nosso fígado.

E vocês? O que fizeram que funcionou para as cólicas do bebê? Contem aqui nos comentários como foi esse período.

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

As características de uma mulher equilibrada


Temos tantas coisas a fazer que parece que não daremos conta de tudo. Neste post ensinei como rever seus papeis na vida e isso já é um passo para atingir um dos itens mais importantes na vida de uma mulher: o equilíbrio. 

O equilíbrio em nossas vidas faz com que tudo se ordene, tudo se encaixe e nos tornemos pessoas mais inspiradas e inspiradoras também. O equilíbrio tira o caos e deixa nossa vida organizada.

O desequilíbrio mostra que certos aspectos de nossa vida acabam descompensando: canalizamos muito de nossas energias para determinadas coisas e acabamos esquecendo outras que também são importantes. Por exemplo: você pode ser uma excelente profissional e ter uma casa que é um brinco de limpa mas não saber lidar com os próprios filhos. Ou você pode ser uma excelente mãe mas se frustrar por não dedicar tempo a si mesma. Assim, sua vida parece ser incompleta e logo, desequilibrada pois os pesos são diferentes para cada coisa.

Um mulher desequilibrada se sente sempre carregando em cada braço uma sacola de 10kg. Enquanto isso, a mulher equilibrada sabe dividir os pesos em mais sacolas e toma o tempo para leva-las uma a uma (ou pede ajuda para quem estiver disponível) ou bola estratégias e planos para melhorar sua condição (como comprar um carrinho para transportar).

Mas como chegar ao equilíbrio? Não existem fórmula mágica, mas algumas características e mudanças em sua vida podem deixar sua vida em equilíbrio. Basta treina-las e sempre se vigiar para não cair no desequilíbrio, pois nosso mundo atual está sempre nos bombardeando com informações e situações que literalmente nos tiram do nosso nirvana pessoal. Aqui dou algumas características da mulher equilibrada.

Possui autoconfiança

Com esse bombardeio de informações de hoje, nada mais natural que nos sentirmos para baixo por não sermos as supermulheres que a mídia pinta. Vemos mulheres lindas e de sucesso e pensamos: por que não somos como elas? Isso mina a nossa autoconfiança e nossa autoestima.

Mas o fato é que você NÃO é essas mulheres da mídia, você é você e deve ser admirada pelas suas qualidades e não por ter o bumbum musculoso ou ser a inventora de uma solução ecológica para o processamento do lixo diário. Ao invés de tentar ser quem você não, por que não se inspirar com essas fontes? Puxa, você pode não ser boa de matemática mas talvez você cozinhe bem. Então, a palavra de ordem é: saber das suas forças e investir nelas. Se você sabe bordar, continue se aperfeiçoando nisso, pois é isso que a torna especial.

Um bom exercício é descobrir seus pontos fortes e suas fraquezas. Faça uma lista e mantenha ela perto de si, ou melhor, mantenha tudo junto num caderninho pessoal, junto com suas metas e resoluções, cartas a si mesma, etc. Quando você descobre seus pontos fortes, você se sente mais autoconfiante e não se abala pelos pontos fortes alheios, aprendendo a aprecia-los.

Nunca perde a compostura



A compostura tem muito a ver com seus princípios de vida e como você os segue e os adequa à sua conduta. A compostura de uma mulher que dança funk carioca é diferente de uma mulher de negócios, que é diferente da dona de casa tradicional. Geralmente se regra pelos princípios que regem nossa família e o ambiente social em que vivemos. Cada ambiente social possui o seu.

Como saber como a compostura se encaixa no seu dia-a-dia? Enumere seus princípios em uma lista (pode ser naquele caderninho que citei acima). Exemplo: Dar prioridade à família, ser sábia, gostar de mim mesma.

Os princípios são a linha-guia para definir os comportamentos que você deseja ter. Em seguida enumere como você deseja atuar. Exemplo: Falar apenas após pensar, Manter a voz calma e baixa, Usar roupas apropriadas para minha idade.

Em seguida, liste as condutas que você não deseja ter como: Gritar, Usar roupas inapropriadas, Falar palavrão, Perder a paciência, Desrespeitar alguém.

Essas três listagens devem sempre ser revistas para que você nunca perca a linha da compostura.

Uma boa outra dica é procurar aprender a meditar: isso ajuda a atingirmos lucidez a ficarmos calmas em momentos críticos.

Tem compaixão

Temos que ver que somos todos diferentes: eu, você e a moça da limpeza somos diferentes. A moça que pede dinheiro na rua tem uma situação bem diferente de nós, longe das oportunidades que tivemos. Às vezes vemos até uma pessoa que conhecemos e apreciamos agindo de uma maneira incoerente e reprovamos esta pessoa. Reprovamos nossos filhos, mas você se lembra como era ser criança ou adolescente?

Ter compaixão é saber se transportar para o lugar de outra pessoa de maneira a compreender seus motivos. Sinceramente, não lhe aflige ver outra pessoa reclamando de alguém. Reclamamos o tempo todo e a culpa é sempre alheia, é sempre o outro e nunca admitimos o nosso próprio erro ou que a falha é simplesmente do mundo em que vivemos. Reclamamos, por exemplo, de quem recebe bolsa-família mas não vemos que essas pessoas conseguiram sair da miséria, o que já é ótimo. Reclamamos dos políticos que estão aí, mas somos nós que os elegemos.

Ter compaixão é saber que há aspectos diferentes nesse mundo e tomar uma atitude para ajudar é mais positivo do que simplesmente reclamar. Você não precisa fazer caridade, mas pode ajudar uma amiga que esteja em depressão.

Compaixão é, acima de tudo, fazer o bem.

Sabe apresentar-se

Você se sente bem com o que veste e com sua aparência? Se sim, este aspecto na sua vida está equilibrado.

Possa ser que você se sinta desconfortável usando as mesmas roupas que usava aos 15 ou simplesmente tenha se entregado a roupas folgadonas porque esteja acima do peso. Ou use aquele moletom velho para ir à padaria.

Saber se apresentar diz muito aos outros sobre quem você é. Se a primeira impressão é a que fica, como dizem, é essa a impressão que você quer passar. Uma roupa desalinhada, folgada, sem corte ou com furos pode dizer que você é uma pessoa preguiçosa, relaxada e que não tem amor próprio. Qual é a impressão que você quer passar aos outros? E mais importante: qual a impressão que você quer passar a si mesma. Se somos nossos piores inimigos, como poderemos burlar a auto-sabotagem? Simples: dando um boost na autoconfiança.

Mais uma vez: liste tudo aquilo que você deseja melhorar: pele, cabelo, roupas, corpo e estabeleça o plano. Mantenha suas roupas sempre bem alinhadas, peça opinião das amigas e do marido. Vá evoluindo gradualmente e siga à risca até virar uma rotina: se arrume até mesmo para ficar em casa.

Saber apresentar-se é se sentir bem consigo mesma. Isso refletirá no seu relacionamento com os outros.

Sabe aproveitar o momento

Você já viu alguém assim dizendo: "Ah, naquela época eu era verdadeiramente feliz" ou "Quando isso acontecer, serei finalmente feliz". Você se identificou? Talvez esteja vivendo do passado ou no futuro, como assim dizem. Só que o problema é que só temos o presente: o passado já passou e o futuro depende de como agimos agora. E se o futuro feliz nunca vier?

A palavra de ordem é saber aproveitar o momento. Existe uma sabedoria budista muito interessante que fala da roda da vida, em que estamos sempre em um dos dois estados: ou estamos descontentes com o presente esperando um futuro feliz ou estamos felizes no presente mas angustiados porque este momento de felicidade logo irá passar e dar lugar à tristeza. É aí que entra o que chamam de lucidez: você precisa saber que momentos de sofrimento virão e aceita-los como parte da vida, mas sabendo que irão passar.

Se você está triste com a morte de um ente querido, você não precisa simplesmente abrir um sorriso mas não transforme a vida num luto exagerado. Tem gente que se lembra todo ano da data da morte de um parente mas não se lembra da data de aniversário. Então aqui cabe fazer o jogo do contente do livro Pollyanna e pensar nos aspectos positivos do momento: talvez lhe traga alguma reflexão, talvez você tenha que revisar sua vida. Use os momentos ruins sempre como tempo para reconstruir sua estrutura interna e destruir tudo o que corrói. Talvez você perceba como a vida é efêmera e passe a aproveitar a vida como ela é, fique mais próxima de seus filhos, do seu marido, seus amigos e seus pais. E te ajuda a repensar velhos sonhos e coloca-los em prática.

Analisa antes de fazer/dizer

Quantas vezes nos arrependemos do que dissemos ou fizemos? Isso pode muitas vezes magoar outras pessoas ou a nós mesmas. Às vezes é um tanto difícil sermos analíticas antes de agirmos, principalmente se formos pessoas passionais e emotivas. Todavia podemos fazer esse exercício diariamente, com pequenas coisas, por exemplo: se seu filho disse algo que você não gostou, controle-se, pense e então tome ação. Às vezes leva tempo, então não desista logo de cara porque você explodiu uma, duas, três vezes. Continue tentando pois você verá que quando tiver uma resposta apropriada para a situação estará mais segura de si e sentirá melhor consigo mesmo. E sim, somos falhas: se você errou, admita seu erro e peça desculpas pelo ocorrido.

Sabe gerenciar o seu tempo

Quanto vale uma hora sua? Você já pensou nisso? Você pode medir por base do quanto você ganha por hora mas talvez esse não seja um parâmetro interessante se você acha que ganha pouco. Mas nem tudo é dinheiro. Se trabalhássemos 24h/dia, seríamos ricos mas não teríamos tempo nem saúde para administrar esse dinheiro.

O seu tempo precisa ser bem dividido entre:
- Trabalho
- Família
- Afazeres
- Descanso
- Hobbies
- Projetos pessoais

Faça essa dinâmica: calcule quanto tempo por semana você gasta no trabalho, com sua família, com afazeres domésticos e pagando contas, dormindo. Cronometre tudo. Sobrou horas? Que bom, você tem tempo.

Em seguida, veja o que está tomando seu tempo. Será aquele reality show? Acessando demais o Facebook? Reveja suas prioridade e elimine os velhos sugadores de tempo.

Uma ótima dica é ter uma agenda ou planner, como está muito em moda hoje em dia. Você pode estabelecer um planejamento semanal e segui-lo à risca.

Sua casa é seu templo


A casa de uma mulher equilibrada é agradável a ela e todos se sentem bem nela. A casa é bem cuidada, tem vida e traz bons sentimentos. A mulher equilibrada ama sua casa e ama viver nela, cuidando dela com zelo e carinho.

Algumas características do lar equilibrado são:
  • Limpeza
  • Ordem e organização
  • Bons aromas
  • Uma bela pintura
  • Harmonia entre os objetos
  • Sons agradáveis
Como adquirir uma casa assim? Não precisa de muito, você pode ser minimalista e não precisa ter objetos demais. Talvez o seu lar atual não seja como seus sonhos, mas aprenda a apreciar seu lar, aquele que você ama. Elenque tudo nele que incomoda e vá tomando as providências. Algumas dicas são:
  • Dê uma bela pintura
  • Faça uma reforma, se precisar
  • Reorganize as coisas
  • Remova os entulhos
  • Coloque nela apenas os objetos de que goste
  • Mantenha limpa
  • Conserte as coisas quebradas
  • Coloque flores ou velas
  • Coloque música agradável
No mais, o importante é sempre revisar o que foi feito periodicamente para manter assim a sua casa em sintonia com você.

Não tem medo de pedir ajuda

O maior sintoma de imaturidade feminino é aquele velho senso de que devemos fazer tudo sozinhas. Tudo bem que nós PODEMOS, mas não acredito que DEVAMOS, pois compartilhar fica bem mais fácil. Sim, seu marido pode ajudar. Sua sogra ofereceu ajuda?Aceite! Fará tanto bem a você quanto a ela e você terá mais tempo e energia para se focar nas suas coisas.

A ajuda pode ser tanto na limpeza, como na parte administrativa ou algo simples como levar seu filho à escola ou natação. Tudo se torna mais leve e a mulher sábia sempre tem em mente que a casa

Dedica tempo a si mesma

Nós dedicamos tanto tempo aos outros que esquecemos de nós mesmas. Todavia precisamos nos mimar um pouco de vez em quando para manter a energia e o tanque motivacional sempre cheio. Pode ser fazendo a unha ou comprando um vestido novo, ou fazendo hidratação no cabelo ou até lendo um livro.

Tire um tempo para si e sinta-se sempre pronta para os novos desafios. A mulher que se cuida transpira essa força do equilíbrio e inspira os outros a serem melhores.

domingo, 17 de janeiro de 2016

Agendas e Planners para 2016

Todo início de ano é momento de recomeço. Planejamos, traçamos metas, prometemos ser mais organizadas. Fazemos as resoluções em um papel e depois não achamos onde parou ou simplesmente esquecemos que definimos resoluções.

Por isso que gosto de usar agendas desde a época da escola, lá tem tudo do dia que você precisa. E para as mais moderninhas, tem os planners que são customizáveis pelas áreas da sua vida. Agora não tem mais desculpa para esquecer da reunião de pais ou do médico hein?

Abaixo dou alguns exemplos de agendas disponíveis no mercado. Tem para todos os tamanhos e gostos.

Agenda Moleskine Uma cor por Mês


Essa agenda tem um livro para cada mês e cada livro tem uma cor. Prático para não levar aquele peso todo.

Daily Planner da PaperView
 
Esses planejadores super fofos são todos customizáveis: capa, conteúdo, e é um verdadeiro planner com aqueles adesivinhos. O preço é salgado: no mínimo 420 reais. Link


Daily Planner da Evertop

Outro planner customizado e fofinho, mas com precinho salgadinho: R$ 210,00. Link


Meu Querido Planner


Este é um planner customizável, fofinho e ainda vem com canetinhas, clipes, adesivos. Você pode escolher o mês que começa e adicionar até mais dois meses. O precinho é salgado também: R$ 287,00. Link

Agendas



1 - Agenda Pequeno Príncipe (Jandaia) - Preço Médio: R$ 49,90
2 - Agenda Diária Espiral Tribo Metalizada Compacta Borboleta. Preço Médio: R$ 49,90
3 -Agenda Semanal Cambridge Manager Preta 2016 - Tilibra. Preço Médio: R$ 30,00


Faça seu próprio Planner
 
 

Sim, e por que não fazer o seu próprio Planner? Existem diversos templates na internet para Planners que vão desde planejamento diário, passando por lista de compras, metas, planejamento natalino (SIM!!!), de blogs. Basta escolher as que vai usar, imprimir e colocar em um fichário. Se você tiver habilidades gráficas pode até fazer seu próprio planner. E o mais legal: é único e só você vai ter um assim.

E então, o que vocês preferem utilizar?Planners ou agendas? Acho importante sempre manusear a agenda e dar uma espiada dentro para ver se ela tem o que você precisa.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Os favoritos de 2015 - Cultura

Agora, falo dos favoritos de 2015 desse ano no quesito cultura. Não foram exatamente coisas produzidas em 2015, mas que marcaram meu ano. Não sai esse ano muito, não fui a shows nem ao teatro, mas em 2016 pretendo voltar a assistir alguma programação agora que meu filho não mais mama e está ficando levemente mais independente. Mas para compensar teve diversos filmes e livros muito bons, sendo este ano um ano muito enriquecedor.

Livros



Em casa com Madame Charme, de Jennifer Scott (Editora Agir)

Nesse livro da autora de Madame Charme, ela dá ótimas dicas sobre como ter uma vida doméstica organizada e feliz, longe do conceito que atribuições domésticas são um fardo, como geralmente pensamos que é.

Crianças Francesas não fazem manha, de Pamela Druckermann

Nesse livro, que não é tão novidade assim (mas para mim é, por conta da maternidade recente), ela mostra como os franceses criam os filhos e pode-se reparar que algumas técnicas ajudam os filhos a se comportarem em ambientes públicos, aprenderem a brincar sozinhos e a comer direito. Ela mostra como funciona uma família francesa, na qual os pais têm total autoridade com os filhos e como funcionam as creches de lá. Explica também que, ao contrário da cultura competitiva americana, as crianças realizam atividades para vivenciar e não para serem melhores que os outros.

O segredo alemão - aprenda a vencer com os melhores

Aqui são reunidos diversos textos escritos por autores alemães que ensinam um pouco do pensamento e da filosofia de vida alemã, o que pode explicar o fato de ser um dos países mais prósperos do mundo. Aqui você encontra artigos sobre liderança, sobre como saber vender seu peixe, como se apresentar e como manter uma vida orientada a desafios. Esse livro agregou muito a mim para que eu tenha uma vida mais plena e construa uma carreira mais saudável e equilibrada.

Uma aprendizagem ou o livro dos prazeres, de Clarice Lispector



Nesta obra intimista de Clarice Lispector, ela fala em uma prosa poética e cheia de recursos sobre uma mulher e as suas hesitações no campo romântico.

O retrato de Dorian Gray, de Oscar Wilde

Esse é um clássico sobre a arte e a busca pela beleza. Achei uma delícia de ler e gostei bastante de refletir sobre os temas que o livro traz embutido em suas linhas. Conta a história de Dorian Gray, que posa para um retrato que é considerado perfeito e o ganha de presente. Só que o retrato esconde a sórdida realidade: seríamos todos nós corruptos? A beleza é eterna e incorruptível?

Bebidas

Twinnings Limão e Gengibre

Esse chá eu conheci em 2014 na minha viagem ao Uruguai. Gostei tanto que arrebatei logo duas caixas no free shop pois nunca tinha visto no Brasil. Mas, para minha sorte, recentemente ele foi lançado no Brasil e acho ele no Sam´s Club. É meu favorito pois é muito refrescante e o gengibre tem essa propriedade antiinflamatória que foi tão importante prá mim no período pós-parto

Chandon Excellence Brut Rosé



Em Novembro conhecemos a Chandon que fica em Garibaldi - RS. Após as visitas às instalações, tivemos a degustação de diversos espumantes produzidos. O que mais amei foi o Excellence Brut Rosé, que é feito a base de Pinot Noir e possui sabor de frutas vermelhas, meu favorito. Ótimo para comer com peixes e frutos do mar, cogumelos e queijos fortes, aproveitei e levei dois para integrar minha adega.

Valmarino Reserva da Família (2014)

Essa vinícola encontramos ao mero acaso quando andávamos pelo vale dos vinhedos e me surpreendi com a qualidade dos vinhos produzidos. O vinho em questão é um varietal de Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot e Tannat e tem um sabor incrível de complexo. Recomendo muito a visita a essa vinícola e a degustação dos vinhos lá produzidos.

Miolo Lote 43 (2014)

A Miolo é bem conhecida por aqui e não sentia muita presença em seus vinhos, talvez por ser uma vinícola de grande porte. Mas esse Lote 43 - homenagem a Giuseppe Miolo - é uma joia, a partir do corte do Merlot com Cabernet Sauvignon em barricas novas de carvalho e com a melhor seleção de uvas. Pode envelhecer até 10 anos após engarrafado e tem elevado aspecto olfativo. Ótimo para ser degustado e/ou harmonizado com culinária italiana.

Achaval Ferrer Quimera (2011)



O que dizer deste vinho? Trouxemos ele de Mendoza em 2014 da nossa viagem de lua-de-mel e ele é incrível. É um blend, sendo principalmente um Malbec e no olfato rescende a frutas vermelhas e flores. Ótimo para comer com carnes (aliás, é um Argentino, não é?), agradou até os paladares mais exigentes.

Franziskaner Weissbier Dunkel

Eu já tinha provado essa cerveja quando viajei para a Alemanha em 2010 e esse ano pude provar novamente. Confesso que prefiro vinhos mas essa cerveja é uma delícia, ótima para beber degustando em uma noite mais fria.

Filmes

Perdidos na Noite





Esse filme de 1969 me surpreendeu muito pois é inovador e mostra um lado de Nova York que pouco era retratado à época. Longe do glamour, se vê pobreza, homossexualidade e trapaças. Ótima atuação de Dustin Hoffmann como um coxo que deseja se dar bem na vida. No mais, um filme muito triste, deveras triste. Está disponível no Netflix, por ora.

No calor da noite

Neste filme, Sidney Poitier é um detetive do norte que, por acaso, acaba investigando um crime ocorrido no sul dos EUA. Cheio de contrastes, é um ótimo thriller de investigação criminal. O final é surpreendente.

A escolha de Sofia

Sofia, interpretada por Meryl Streep é um judia controversa que mora nos EUA e vive um conturbado relacionamento. Lá ela conhece um jovem escritor que vai ser o ouvinte de sua história, sobre como ela sobreviveu a um campo de concentração.

Jiro Dreams of Sushi



Documentário sobre a busca incessante de Jiro, um japonês de 85 anos, de fazer um sushi perfeito. Mostra todo o comprometimento japonês com a excelência e a tradição, na qual um sushiman busca fazer todo o dia, um sushi melhor do que o feito no dia anterior. Há uma crítica sobre a banalização das tradições com o sushi e o chá. Disponível no Netflix.


Rede de intrigas

Filme que mostra toda a realidade da mídia com controladora de opinião e instrumento de manejo político. Disponível na Netflix.

Se meu apartamento falasse

Outro filme a mostrar uma nova realidade novaiorquina dos anos 60 diferente do glamour pregado geralmente no cinema. Nele vemos traição, carreirismo e tendências suicidas em uma cidade que asfixia.

Diana Vreeland: the eye has to travel



Ótimo documentário sobre Diana Vreeland, editora de moda da Vogue dos anos 50 aos 70, que revolucionou a indústria do marketing e mídia de moda, ao criar belos ensaios fotográficos, alguns bem polêmicos. Workaholic mas bem humorada, há relatos sobre ela mesma durante o filme desde criança.

Serpico

Neste filme, Al Pacino é um investigador policial idiossincrático que, por onde passa, encontra policiais corruptos. Cansado de tanta corrupção, ele decide fazer justiça no setor com as próprias mãos.

Desaparecimento das Abelhas

Documentário que relata o misterioso sumiço de abelhas dos apiários estadunidenses, fato que traz mais do que a redução do mel mas também a diminuição da produção agrícola, devido à baixa polenização das colheitas. Relaciona-se as possíveis causas como um agrotóxico utilizado e mostra-se que o mesmo ocorreu na França anos antes devido a esse mesmo agrotóxico.

Cartas ao Padre Jacob

Filme finlandês que mostra uma ex-presidiária que é enviada para ajudar a ler e responder as cartas de um padre cego.

O fim da linha

Esse documentário mostra como a pesca ostensiva dos grandes peixes com o atum e o bacalhau tem levado à escassez destes peixes nos mares. Mais que isso: busca alternativas à pesca dos grandes peixes.

What happened, Miss Simone?



Outro documentário sobre a conturbada vida da cantora e pianista Nina Simone, minha ídola. Bipolar, ela passou por rejeições como a da escola de piano até chegar à obsessão pela divulgação e proteção da cultura afro.

Blood Brother

Blood Brother conta a história de um rapaz americano de classe média que abdica dos luxos para morar na Índia e ajudar uma comunidade de crianças soropositivas.

Séries

Narcos

Essa série foi muito falada e realmente é muito interessante. Conta sobre a vida de Pablo Escobar, que é interpretado por Wagner Moura e dos detetives americanos que desvelaram todos os crimes cometidos.

Vikings

Série bem fiel ao saber histórico sobre os Vikings, contando suas tradições, suas pilhagens violentas, e sua ordem como comunidade. Sou fã da Lagertha, símbolo do empoderamento feminino pois as mulheres inclusive iam à batalha.

Downton Abbey



Essa série é meu xodó! Sou fanática por tradicionalismos e aqui tudo é tradicional: os costumes familiares, as roupas, as falas e os empregados.

Game of Thrones

Confesso que é bem chocante assistir Game of Thrones pois há muita violência e sexo. Mas também há uma história muito bem escrita e tramas políticas dos setes reinos.

Better call Saul

Se você já assistiu Breaking Bad, já ouviu falar dessa. Conta como surgiu Saul Goodman, advogado da série. Sua trajetória ainda está no início mas é simplesmente um entretenimento assistir essa série original do Netflix.


Esses foram meus favoritos de 2015, e os seus? Conta prá mim!

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Os favoritos de 2015 - Beleza

2016 mal começou mas já é hora de memorar tudo aquilo que foi bom neste ano que passou. Seguindo a tendência dos blogs por aí afora trago aqui os meus favoritos de 2015 no quesito Beleza.

Corpo



Hidratante para o corpo
Confesso que, por estar amamentando, não me arrisquei muito em produtos com Ureia e outros compostos, pois não sabia o que estava indicado ou não para meu bebê. O meu eleito foi o ótimo Nivea Q10 que tem um cheiro delicioso, hidrata, firma e o melhor, é bem em conta em preço.

Sabonete Líquido
Gosto dos sabonetes bem cheirosos para relaxar à noite e o Nívea Frangipani & Oil foi o meu queridinho desse ano. O cheirinho dele é maravilhoso, ele tem umas partículas de óleo que hidratam e o preço é super acessível: 10 reais.

Filtro Solar para o corpo
La Roche Posay, é claro! Usei o Anthelios XL FPS 60 o ano todo praticamente pois ele não engordura o corpo e rende bastante.

Desodorante
Eu adoro o cheirinho típico da marca e o Nívea Protect and Care é a união do maravilhoso cheiro e de um desodorante eficaz para o nosso clima. Senti que a região das axilas ficou bem hidratada também.

Rosto

Hidratante para o rosto
Esse ano desisti dos hidratantes convencionais pois minha pele é muito oleosa e acaba se enchendo de acne até com os hidratantes menos gordurosos que existem no mercado (acredite: já testei vários - posso falar disso em post futuro). Então acabei aderindo às águas termais que, além de hidratarem, deixam a pele fresquinha no calorão que faz por aqui. A minha favorita foi essa de menta da World´s Natural Fragrances, que custa em torno de 23 reais por aqui.

Anti aging para o rosto
Em 2014 comecei a utilizar serum vitamina C + ácido hialurônico e é isso que tenho realizado no campo antiaging. Esses seruns são caros mas o rendimento é ótimo. Tenho utilizado o Active C 10 da La Roche Posay pela manhã e a pele fica super macia, e o melhor: o tubinho dura uns 4 meses comigo.

Sabonete para o Rosto
Já falei dele por aqui e ele continua meu queridinho: o Effaclar Gel Desincrustante, da La Roche Posay. Por muito tempo usei o Effaclar em barra mas digo que a versão em Gel é ainda melhor pois contém LHA, Ácido Salicílico e Água Termal, além de ser mais higiênico na minha opinião pois vem em um tubinho e não fica exposto a bactérias.

Filtro Solar para o rosto
Sempre fui adepta do Roc Minesol, mas esse ano resolvi testar outras opções. Estou gostando bastante do Anthelios Airlicium FPS 70 sem cor da La Roche Posay. Controla bem a oleosidade da minha pele e tem textura levíssima.

Máscara para o rosto
A minha queridinha esse ano foi a máscara de argila verde! Barata, eficiente e fácil de encontrar, seu único problema é a meleca que faz (antes e depois) mas foi a solução para minha pele oleosa. Parece que ela limpa profundamente a pele e a sensação de maciez é incrível.

Anti aging para os olhos
Sempre dei atenção ao antiaging para os olhos por causa das minhas olheiras então esse ano passei a usar o L´Oreal Age Perfect, A consistência dele é quase um sérum e não irrita meus olhos, além de render bastante (uso desde 2014 o mesmo potinho e nada de acabar, ainda tem 1/3 dele).

Hidratante para os lábios
Gosto do Nivea Med Protection pois possui FPS 15 e sinto que hidrata sem melecar demais.

Cabelos

Shampoo
Vou lhe confessar: é difícil achar um shampoo para os meus cabelos oleosos que não causem seborreia e queda, ainda mais que eu estava amamentando e o cabelo caindo horrores. Testei o Clear Men Queda Control do meu marido e adorei! A sensação é de cabelo limpo e refrescante e o cabelo só começa a ficar oleoso com 2 dias após a lavagem.

Condicionador
Confesso que com os cabelos curtos não me preocupei muito com condicionador. Usei o Reconstrução Completa da Dove quase o ano todo e senti um cabelo macio e leve, tudo o que procuro e com praticidade para uma mãe ocupada. Só não gosto muito do cheiro dele e em 2016 procurarei algo com aromas diferentes.

Máscara Capilar
Esse ano coloquei luzes no cabelo, fiz o tal do Ombré, então foquei nas máscaras matizantes. A que usei foi a C.Kamura Silver Violet Action, que tem ótima consistência, hidrata na medida certa e desamarela bem.

Óleo Capilar
Não usei leave-in este ano, preferindo os óleos por sua praticidade. Além do famoso óleo de côco, usei também o Super Óleo 8 da Garnier, que tem um cheirinho gostoso e deixa o cabelo bem brilhoso. Uso só uma gotinha antes de pentear o cabelo já seco.


Mãos e Pés

Hidratante para as mãos
Esse ano precisei muito de hidratante para as mãos pois dei muito banho no bebê, lavei muita louça, lavei muito chão (até adquirir meu mop), e lavar muito as mãos, então minhas mãos ficaram muito secas e usei muito hidratante para as mãos. O meu favorito foi esse da Madre Labs com óleo de Argan pois rende muito e não tem cheiro. Infelizmente não vende no Brasil e agora terei que achar um novo queridinho, sugestões?

Hidratante para os Pés
Meus pés também andaram bem ressecados, talvez pela mudança hormonal do período. Gostei de aplicar a Manteiga Emoliente da Granado, mas como ela é bem pegajosa coloco uma meia logo após para não sair resvalando por aí.

Esmalte
Confesso que usei esmaltes mais neutros esse ano, mas o esmalte mais lindo que usei o Valentine da Revlon. É aquele vermelho que chama a atenção e é classudo ao mesmo tempo, tipo assim, unhas de mulher chique.

Para as cutículas 
Premier Dead Sea Cuticle Therapy Oil. Some com as cutículas.

Maquiagem

Primer
Testei o Revitalift da L´Oreal mas não deu certo na minha pele, então o meu favorito ainda é o primer da Contem 1 G. Ele é feito a base de arroz e deixa a pele macia e lisinha e não danifica em nada. Só o detalhe é o preço que é meio salgadinho.

Corretivo
Essencial para corrigir as minhas olheiras, mas não gosto que fique muito claro, então escolhi o Select Moisturecover da MAC. Ele não craquela, não esfarela e não acumula nas minhas ruguinhas.

Base
A base mais poderosa que conheço até então é a Superstay 24 da Maybelline. Sinto que cobre bem a pele e não engordura em excesso, fica pele de rainha! Mas não uso sempre, ok? Só em ocasiões, por assim dizer. Para o dia-a-dia gosto da Mineral Powder Foundation da Mary Kay, que tem cobertura mais leve e não danifica tanto a pele.

Pó facial
Tenho evitado Pó Compacto pois o talco obstrui os poros, mas ás vezes é necessário para dar uma melhorada no visual. Gosto do Pureness Matifying da Shiseido, ele deixa a pele linda sem ficar sobrecarregada e sinto que funciona melhor ao longo do dia, sem começar a deixar a pele oleosa.

Rímel
Gostava bastante do Volume Glamour Ultra Care da Bourjois, mas ele acabou e ficou um tempo em falta no mercado. Então comprei o Grow Luscious da Revlon e tenho adorado, pois prefiro cílios longos a cílios volumosos. Se você é fã dos volumosos, procure outra máscara, ok?

Batom
A cor do Intense Circus Vermelho Show de O Boticário é linda! Só não hidrata muito, ok?

Sombras
A Naked 1 da Urban Decay será sempre minha queridinha. Básica, é um coringa para qualquer ocasião.

Blush
Fui de MAC novamente na cor Plum Foolery. Dá aquela saúde na pele e dura, viu?

Perfumes

Para o trabalho
Uso esse perfume desde 2012 e hoje posso dizer que é meu perfume assinatura: Lacoste Love of Pink - sempre faz sucesso por onde vou. Seu cheiro é docinho e leve e a fixação muito boa. 

Para sair durante o dia
Por exemplo, para ir ao Shopping ou Supermercado gosto do Nina, da Nina Ricci. Também docinho mas mais proeminente, acho uma delícia de usar, no entanto ele é um pouquinho mais agressivo às narinas desavisadas.

Para sair à noite (jantar ou cinema ou evento social)
Shalimar de Guerlain é sucesso desde 1921. É um clássico e passa aquele tom de sobriedade.

Para casamento ou formatura ou outra festa
Paris de Yves Saint Laurent. Mas cuidado, é forte e muito proeminente. Não recomendo usar longe de ambientes festivos, pois pode agredir. Uso ele já faz alguns anos.