segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Dicas para atingir o seu máximo potencial

Esse post é uma tradução deste artigo aqui. Se você tem bons conhecimento em inglês, corre para lá para ler o original. Quem não tem conhecimentos, aproveitem a tradução que eu disponibilizo com o máximo de fidedignindade possível. Achei o post interessantíssimo e muito aplicável em nossas vidas, tanto profissionais quanto pessoais. Tem muito a ver com esse post que escrevi aqui (se você não leu, corre lá para olhar).




"O marco decisivo de transformar o que você é hoje para o que quer se tornar no futuro é simples: aprender novas habilidades."

 

 

 

 

Se nós compararmos as diferenças entre as pessoas vivendo um vida mediana e as pessoas mais bem sucedidas e felizes é que as últimas aprenderam mais habilidades valiosas em suas vidas.
Para nos tornarmos os melhores de nós, devemos constantemente aprender mais técnicas e nos educarmos em como prover maior valor ao mundo.
Como disse uma vez o CEO da Zappos, Tony Hsiesh:
"Se você que fazer um milhão de dólares, deve servir a um milhão de pessoas."
Com isto dito, aqui vão 7 novas habilidades que você deve aprender para atingir o seu completo potencial.




1. Aprenda um novo idioma


Se o Inglês é a única linguagem que você conhece, então você está perdendo 1/5 da população mundial que não sabe o inglês nativo. (Nota da tradução: se você só sabe Português, comparativamente falando, este percentual de perda é bem maior.

Enquanto vemos o crescimento da globalização, tudo desde negócios, mídia e economia requer interação com pessoas estrangeiras de fora de nosso idioma.
Aprender um novo idioma lhe dará uma vantagem significante sobre aqueles que a desconhecem, e é melhor começar antes que posteriormente. Como um benefício auxiliar, a aquisição de um novo idioma tem se mostrado por inúmeras fontes como método para agilizar sua agilidade mental, retenção de memória e técnicas de suporte à decisão.
Onde aprender: Você pode inicias com um app gratuito como o Duolingo, ou aprender mais rápido com uma ferramenta como o Rype que lhe posiciona juntamente com um professor disponível para dar aulas. (Nota da tradutora: Existem diversos sites de como aprender uma língua nova, posso futuramente fazer um post mais detalhado sobre isso).


2. Toque um instrumento

Tocar um instrumento pode não apenas impressionar as pessoas mas também torná-la mais esperta. Estudos mostram que tocar um instrumento pode aumentar o seu QI em 7 pontos.
Estudar música também aumenta sua capacidade de concentração, o que tem se tornado uma técnica necessária no mundo distrativo de hoje e lhe ajuda a se tornar um melhor ouvinte.
Se você não tem certeza sobre qual instrumento aprender, leia este artigo.

Onde aprender: Para instrumentos, eu recomendaria iniciar encontrando uma pessoa em sua cidade. Se você prefere aprender online, você pode checar essa lista completa de sites para aprender diversos instrumentos desde piano até bateria.

3. Falar em público

Warren Buffet frequentemente declara que a melhor e mais valiosa habilidade que recém-formado pode aprender é a arte de falar em público.
Se um bom comunicador é algo massivamente desconsiderados, mas é uma técnica crucial que nunca para de ser melhorada. Seja em uma entrevista de emprego, fazendo uma apresentação ou iniciando uma nova empresa, ser um bom falante é o que lhe fará se destacar no público e conseguir passar a sua mensagem na íntegra.
Onde aprender: Existem diversos cursos de como falar em público, mas eu acho que a prática é que leva à perfeição. Pratique em casa e obtenha feedback da família e amigos.


4. Blogar

O conceito de blog tem apenas 20 anos, e ainda é incrivelmente importante se você deseja construir sua marca, crescer sua empresa ou simplesmente se diferenciar dos demais.
Blogar permite você desenvolver uma mistura de habilidades valiosas, marketing pessoal e resiliência que é difícil de se desenvolver em qualquer outro lugar. Com mais de 150 milhões de leitores de blogs somente nos Estados Unidos (2014), blogar é uma das melhores plataformar para atingir uma audiência global com sua mensagem.
Onde aprender: Blogar pode ser iniciado com novas plataformas como a Medium. Ou você pode iniciar com Wordpress, Blogger ou Tumblr. Existem diversos posts que ensinam como iniciar um blog em apenas alguns minutos e alguns cursos em como blogar.



5. Networking

Como uma vez foi dito por Jim Rohn, "você é a média de cinco pessoas ao seu redor".
Se você quiser maior sucesso, então se aproxime de pessoas mais espertas, motivadas e de maior sucesso que você.
De maneira a se tornar um melhor networker, especialmente com indivíduos de alto perfil, então você precisa aprender a agregar valor primeiramente.
Onde aprender: A melhor forma de aprender em como fazer networking correto é observar como outras pessoas de sucesso o fazem. De maneira a fazer isso, você pode participar de eventos da indústria, eventos de networking e lidar com essas pessoas. Nota da tradução: Gosto bastante do LinkedIn para encontrar antigos colegas de faculdade, colegas de trabalho, professores e profissionais da minha área.


6. Leitura dinâmica

Bill Gates veio a público admitir seu maior arrependimento em vida: a habilidade de ler mais rápido.
O tempo é o item mais importante e limitado que nós temos, e é uma único item que nunca poderemos ter de volta. Ao aprender como ler mais rápido, você pode ganhar muitas horas por ano, até mesmo centenas se for um leitor ávido.
Onde aprender: Você pode fazer cursos online de leitura rápida, ou pode utilizar de tecnologias como o Spritz para aumentar sua velocidade.


7. Aprender mais rápido

A habilidade de aumentar sua velocidade de aprendizado talvez seja a mais valiosa das habilidade, pois você pode aprender qualquer habilidade nova mais rápido.
Aprender mais rápido nem sempre é limitado a suas capacidades cognitivas, mas diz respeito a desenvolver uma determinada estrutura de aprendizado.
Isto inclui se inspirar naqueles que vieram antes de você, aplicando a Lei de Pareto e desconstrução de técnicas.
Onde aprender:  Não há fórmula mágica para esta habilidade, a não ser aplicar estruturas de aprendizado ensinadas por especialistas em aprendizado, colocando em ação o que foi aprendido. Dois livros que recomendo são: The art of Learning (ainda sem tradução em português) e The 4-hour chef.

sábado, 27 de fevereiro de 2016

Snorkel Blue - Como usar

Achei essa cor um dos destaques da coleção pois é um coringa: vai bem com qualquer coisa, sendo quase um básico, mas um básico de destaque, veja bem.

Abaixo trago algumas sugestões de looks, levando em consideração os itens que já apareceram por aqui.

Este visual é o visual típico neutro, onde usamos roupas neutras e combina o Snorkel Blue nos detalhes. As novidades: relógio, sapato, bolsa e colar.

Neste look mais chique temos a excelente combinação com o preto. Fica impecável. As novidades: O tubinho e o esmalte.

Que tal misturar vários azuis com o coral Peach Echo? As novidades aqui? Somente a saia e os brincos. Note como a saia destaca o visual.


Que tal sair um pouco do óbvio e jogar uma bolsa marrom? Quebra bem o visual do duo preto/azul. Destaque para o vestido, que é a estrela do visual e a única nova adição.

Branco e azul? Lindo demais! Look coringa e que fica chique e descolado ao mesmo tempo.


E olha só que fofo para proteger seu filhote do frio!



E para terminar: olha que coisa linda para usar no inverno!



sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

6 máscaras caseiras maravilhosas

Está sem tempo de ir ao salão de beleza fazer um facial? Ou está sem dinheiro? Isto não é pretexto para não cuidar da própria pele, pois você pode fazer máscaras em casa com ingredientes baratos e fáceis de usar. E você pode aplicar a máscara durante o tempo em que estiver fazendo outra coisa, como uma faxina ou assistindo a sua série favorita, conforme menciono neste post aqui.

Antes de começar, é importante tirar a maquiagem e limpar bem o rosto para remover todas as impurezas da pele, permitindo que ela absorva de melhor maneira os nutrientes contidos. Para demaquilar, você pode usar o óleo de côco com algodão como uma alternativa aos demaquilantes vendidos no mercado.

Bicarbonato de sódio, Bio Oil e Vitamina E


O Bicarbonato de sódio tem duas qualidades: é um excelente esfoliante físico e abre os poros da sua pele, permitindo que os nutrientes penetrem melhor na sua pele. Para começar, faça uma esfoliação com o Bicarbonato de Sódio e um pouco de água (fica tipo uma pasta).

O Bio Oil é um produto maravilhoso que hidrata e tira manchas e a vitamina E age na sua pele como um poderoso antioxidante, além de curar infecções e cicatrizar feridas e outras pústulas. Coloque um punhado de Bio Oil juntamente com o conteúdo de uma cápsula de Vitamina E (você deve romper a cápsula) o suficiente para aplicar no rosto e pescoço. Massageie bastante a pele em movimentos para cima (sempre!) até que ela absorva bem os ingredientes. Se quiser, pode até dormir com a máscara, permitindo um efeito prolongado.

Veja mais sobre neste vídeo:


Deve ser feito apenas uma vez por semana, no caso de peles mais sensíveis.

Preço: Entre R$ 2,20 e R$ 3,00 por aplicação

Bicarbonato de sódio: R$ 2,00 por 80 g - dura o equivalente a 5 aplicações
Bio Oil: R$ 34,00 por 60 ml - dura entre 30 a 60 aplicações
Vitamina E: R$ 20,00 por 60 cápsulas - dura 60 aplicações



Argila verde

A argila verde é usada há muito tempo para tratamento de peles oleosas e com acne pois possui poder absorvente, combate a oleosidade, seca espinhas, é antiinflamatória e age na reconstituição da epiderme pois possui silício em sua composição.

Para a máscara, basta colocar um pouco de argila em um recipiente. Ir colocando um pouco de água (ou água termal) e ir misturando até ficar uma pasta homogênea. É importante não deixar muito líquida, senão fica diferente de aplicar. Gosto de aplicar no rosto com um pincel desses de tingir cabelo. Deixe por 30 minutos (ou até secar) e depois remova com um algodão embebido em água.

Pode ser feito até 2 vezes por semana.

Preço: R$ 0,50 por aplicação

Argila verde: R$ 10,00 - dura 20 aplicações

Ivo Pitanguy Adulterado

Essa máscara foi indicada por Glória Maria, que tem sabe-se lá quantos anos e aquela pele maravilhosa. Ela disse que foi receitada por Dr. Ivo Pitanguy para manter a pele sempre jovem, sendo o substituto a longo prazo de uma máscara facial. Pode ser feita todos os dias da semana.

Misture o equivalente a uma ervilha de Hipoglós (pode ser o Amêndoas se você não gostar do cheiro do tradicional), uma ervilha de Bepantol (de preferência o Derma, pois possui maior quantidade de Dexpantenol do que o Tradicional), 5 gotas de Adeforte e 5 gotas de Óleo de Rosa Mosqueta. Misture tudo na palma da mão e massageie no rosto até o visual branco desaparecer. De preferência, você pode dormir com ela, mas se o cheio do Hipoglós incomodar pode ficar com ela por pelo menos uma horinha para sentir os benefícios.

Essa máscara é ótima para ser aplicada após tratamentos com ácido, para acalmar a pele através do Hipoglós e Bepantol, que também hidratam (lembra bundinha do seu bebê que coisa macia mesmo com o contato daquelas horríveis fraldas?). A nutrição vem por conta do Adeforte, que possui vitamina A. D e E. O óleo de Rosa Mosqueta trata e regenera as manchar e cicatrizes. A pele fica um sonho: lisinha e macia.

Preço: Na faixa de R$ 4,00 por aplicação

Bepantol derma: R$27,00 por 20g - menos de 1g por aplicação
Hipoglós: R$ 15,00 por 40 g - menos de 1g por aplicação
Adeforte Gotas: R$ 40,00 por 15ml - 0,5 ml por aplicação
Óleo de Rosa Mosqueta: R$ 15,00 por 10 ml - 0,5ml por aplicação

Aveia e mel


Essa máscara tem poder esfoliante e cicatrizante devido, respectivamente, à aveia e o mel. Em uma vasilha limpa coloque 3 colheres de sopa de mel de abelha (de preferência orgânico) e mais 2 colheres de sopa de aveia (de preferência em flocos). Misture bem e aplique no rosto com movimentos circulares para esfoliar. Deixe agir por 15 minutos e depois retire com água morna.

Preço: Na faixa de R$ 1,00 por aplicação



Óleo de côco

O óleo de côco é milagroso: além de ser um potente hidratante para o corpo e cabelos, também é um ótimo antibacteriano e antiinflamatório para a pele pois possui o Ácido Láurico em sua composição. O único cuidado que se deve ter é escolher o óleo orgânico e extra virgem, de preferência prensado a frio, pois mantém melhor suas propriedades desejadas. O procedimento é simples: coloque uma ervilha do óleo em sua mão e esquente nas próprias mãos, passando o óleo no rosto com movimentos de massagem facial. Você pode dormir com a máscara se quiser: a pele fica super hidratada e radiante no dia seguinte.

Preço: Depende da marca, mas acredito que sai por uns R$ 0,50 a aplicação, pois se usa muito pouco óleo.

Aspirina

Se você tem acne frequentemente pode tentar usar a aspirina, que faz um peeling no rosto, secando as espinhas e prevenindo o surgimento de novas. Em uma vasilha, coloque 5 ou 6 comprimidos e um pouco de água morna, diluindo até formar uma pasta (semelhante à pasta de Bicarbonato). Aplique no rosto com leves batidinhas e deixe agir por 15 minutos. Retire com água morna.

Preço: Uma cartela com 10 sai por R$ 1,20, ou seja, em torno de R$ 0,60 por aplicação.

Essas são as máscaras caseiras que faço e tenho notado melhoras na minha pele tanto no quesito da acne quanto no quesito do antiaging. E vocês? Usam quais máscaras caseiras? Conta aqui a sua experiência.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Amamentar, um ato polêmico

Recentemente, diversas polêmicas surgiram em relação ao ato de amamentar em público, dentre elas a foto de uma mulher amamentando enquanto pedalava em sua bicicleta e a foto postada pela deputada Manuela D´Avila causaram furor nas redes sociais em um embate sobre pudor, amamentação e que envolveu até o Carnaval na discussão toda.



Neste vídeo acima, vemos uma bem-humorada crítica sobre o ato de amamentar em público, no qual, de maneira irônica, a interlocutora nos diz que não devemos amamentar em público pois amamentar é utilizado como forma prioritária de constranger os demais e que a mulher não deve sair de casa pois quando ela é mãe, esse direito lhe é negado.

Seria até engraçado se não fosse tão triste e verdadeira essa visão sobre amamentação. Antes de eu me tornar mãe, eu até olhava com estranheza quando via uma mulher amamentando em público, no shopping ou na praça e pensava: "Poxa, como pode essa mulher não ter pudor e mostrar o peito assim? Quando for comigo, eu não vou fazer isso.".




Mas depois entendi que: quando se vira mãe as necessidades do seu filho se sobrepoem a diversas situações próprias suas. Sim, seu filho tem fome. Sim, ele precisa do peito como aconchego pois ele estava até então em um mundo quentinho e protegido e de repente ele está ali no mundo, nessa confusão toda e quer apenas um pouco de acalanto. E sim, cada criança é diferente. Embora nosso instinto natural seja mamífero, sempre haverá o bebê que preferirá a mamadeira e isso, minha cara, é particular de cada criança. Então, como julgar? Como julgar a mãe cujo filho não quis mais o peito? Como julgar a mãe que estendeu esse período?

Sei de mães que não conseguiram amamentar nem 10 dias e sei de algumas que foram por mais de 4 anos direto e, pensem, como dizer o que é correto e o que não é? Sei que a OMS recomenda amamentação exclusiva nos primeiros 6 meses e que a amamentação deveria ser continuada por até no mínimo dois anos de idade pelas diversas razões já enumeradas antes. Seria perfeito que todas nós conseguíssemos fazer assim, mas até que ponto devemos tentar? E até que ponto devemos nos importar?

Hoje existe a corrente naturalista de mamães do parto natural, amamentação prolongada, cama compartilhada, entre outros tópicos. É lindo o que pregam, mas sob quais dificuldades? Tocar uma gravidez já está sendo difícil nos tempos de hoje e ainda somos julgadas e separadas em compartimentos estanques: se você teve cesariana, você é um fracasso.; se você não amamentou até o tempo recomendado, você sucumbiu à indústria da fórmula; se você deixa seu filho dormindo em seu próprio berço, é insensível. Neste ponto, vejo que as mulheres são muito desunidas: ou você faz parte do grupo ou é criticada. Existe pouco apoio e compreensão dentro do nosso gênero.

Meu filho deixou de mamar com 8 meses: foi uma escolha dele pois eu queria que ele mamasse até pelo menos 1 ano. Mas não aconteceu dessa maneira. Quando tirei o peito, ele nem sofreu, fui eu que sofri. Me senti impotente, enquanto ele estava impassível e parecia que nada tinha mudado. Alguns dias depois, conversando com minha cunhada, ela me disse: "Querida, você foi vencedora. Eu nem cheguei a amamentar meu filho pois ele passou mais de um mês na UTI, então mesmo eu tirando na bombinha, o meu leite secou por falta de estímulo. Você conseguiu amamentar por 8 meses e foi uma escolha do seu filho parar e olha aí como ele está saudável.". Uns dias depois, na fila do banco, nessas conversas amenas de maternidade, uma moça muito exausta me contava que a filha dela de 1 ano e 7 meses acordava de hora em hora para mamar e que ela estava com muita dor nas costas por ter que dormir em uma posição hábil para que a filha mamasse.

Resumindo: cada caso é um caso e cada binômio mãe-bebê é particular. Dá prá julgar? Acho que não. Hoje eu entendo muito bem os motivos de uma mãe que amamenta em público: ela faz isso por necessidade e por amor. Entendo a mãe que não consegue amamentar por muito tempo e entendo aquela que amamenta por mais de 2 anos: é o ritmo da mãe e filho e isso é uma coisa que só os dois podem decidir e ninguém mais. Se a mãe e o filho querem, a amamentação deve acontecer de forma natural. Se um dos dois não quer mais ou tem dificuldade, isso deve ser revisto e deve ser procurada uma alternativa tal como o desmame. Sei que é um processo doloroso, e também sei que meu desmame foi tranquilo e natural, então não posso falar a respeito disso sem ter plena consciência de que cada caso é um caso.



Deixo ainda este link: um projeto fotográfico muito lindo sobre amamentação.

Para concluir fica a lição: evite julgar as atitudes de uma mãe. Ela o faz movida por algo maior e não, ela não precisa de mais uma pessoa dando pitaco em sua vida, quanto mais uma pessoa que não sabe o peso que só ela carrega. Então, vamos ter mais amor, por favor?

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Serenity - Como Usar

Continuando com a série da Pantone, apresento agora o azulzinho que está dando o que falar, juntamente com o Rose Quartz. Ele é uma das cores predominantemente pasteis da coleção e estou vendo ele muito combinado com o Rose Quartz. A proposta aqui no blog é um pouco diferente: a ideia é combinar com itens que você já tenha de maneira a criar looks coringas e harmoniosos. Não é uma abordagem fashionista e sim, prática para o dia-a-dia, de maneira que você possa gostar das cores e não enjoar delas antes de 2016 acabar.

Como fazer? Estou usando itens-chave ao longo das postagens. Vem comigo que mostro tudinho.

Neste look neutro temos como destaque o vestidinho na cor e o uso de alguns acessórios na cor Serenity. Note que a bolsa, o sapato e o blazer já apareceram por aqui em outros looks.

Neste look temos duas tonalidades de azul combinadas com o preto e o branco, dando um contraste super harmonioso e chique. Ótimo para ir à labuta! Aqui são novidades apenas o lenço, a bolsa, o colar e o Oxford na cor Serenity.

Neste look casual, ótimo para um passeio com os filhotes, temos apenas o short como novidade, que dá um tom jovem a um look de mamãe divertida.

Neste look ótimo para trabalhar temos o Serenity presente na blusa e nas bijus. O contraste com o preto faz a diferença e deixa o visual mais esperto e contemporâneo.


Veredito! Serenity fica lindo com o preto! Note que aqui a única novidade é a calça azul que pode cair muito bem com uma camisa social preta ou branca.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

O estilo de Elizabeth McGovern

A Cora de Downton Abbey, fora da vida de condessa, é um atriz e musicista. Gosta do estilo casual, usando muitas cores neutras como branco e preto, mas adora um azul, que combina com seus olhos.

Casual


 Ela usa muito preto combinado com azul e adora saias midi. Para enfrentar o frio, meias calça da cor preta. Para incrementar o look, bijuterias e sapatos com pedrarias ou cor. Estes looks são ótimos para ir trabalhar com muito estilo.

Casual Chique


Para um evento social, aposte na saias e vestidos mais curtos. Abuse do branco e preto e aposte em acessórios como uma bolsa ou um belo sapato para incrementar o visual.

Festa Chique

Para o Red Carpet ela também gosta de longos, de preferência brancos ou azuis. Todos eles com cortes que valorizem a cintura, tudo muito elegante e discreto.

Maquiagem e Cabelo





 O cabelo sempre médio e deixado à vontade, sem muita produção. Nos olhos somente um delineado e na boca um batom neutro, às vezes arriscando um vermelho. A pele impecável cuida do resto.

E para finalizar...este look!


sábado, 13 de fevereiro de 2016

Como se tornar uma pessoa matinal


Acordar cedinho de manhã pode ser algo super difícil. Geralmente esse soninho entre as 5h e as 7h é o mais gostoso e é tão difícil sair da cama (especialmente nos dias frios de inverno quando o sol às vezes nem saiu).

Todavia temos que acordar cedo, seja para trabalhar ou porque nossos filhos acordaram. E nos sentimos mal, com privação de sono, mau humor e com sintomas que às vezes lembram o jet lag.

Segundo essa pesquisa, conduzida Till Roenneberg da Universidade Ludwig-Maximilians em Munique, as pessoas, salvo raras exceções, possuem aptidão a acordarem de manhã mais ou menos no mesmo período de tempo, considerando a latitude também: pessoas próximas à linha do equador tendem a acordar mais cedo do que pessoas próximas aos polos devido ao sol "nascer" mais cedo nesses locais.



Ainda segundo a pesquisa, as pessoas possuem dois relógios: um social e outro biológico. O social é regrado pelas nossas atividades e família: são nossos filhos, nosso trabalho, nossa rotina. O biológico ou ciclo circadiano é regrado com nossas células e diz muito sobre nossa genética (diz de fato se somos na íntegra matinais). O ideal é que os dois relógios estejam sincronizados mais ou menos na mesma hora pois, se isso não acontecer temos o jetlag social: mau-humor, sensação de desconexão com o mundo e indisposição, o que sentimentos que temos ao acordar ou ao longo do dia.

"Tudo bem, entendi o que significa", você diz. Mas como reduzir esse jetlag? Aqui vão algumas dicas dos especialistas.

Vá dormir mais cedo

Sim, para acordar cedo com disposição você precisa de horas de sono suficientes. Então, se o ideal é dormir 7-8h de sono por noite e você quer acordar as 5h30, deve ir dormir no máximo às 22h30.



Reduza o uso de telas à noite

É sabido que o uso de smartphones, tablets, televisão e computador nos deixam acesos à noite. Reduzir esse uso faz com que sintamos sono mais cedo. Procure fazer atividades manuais ou outras atividades domésticas sem o uso de telas, leia um livro ou medite.

Crie um horário de ir para a cama

Procure sempre ir dormir no mesmo horário, criando um ritual de desligamento. Leia o capítulo de um livro, acenda uma vela relaxante, faça um mimo para si: um mini spa noturno.

Estabeleça as metas do próximo dia

Elenque tudo o que você quer fazer no dia seguinte: isso te dará motivos para acordar cedo.



Faça algo por si cedo de manhã

Tire um tempo para si mesma logo cedo antes de todos acordarem. Pode ser tomar aquele chá, ou um café gourmetizado, 10 minutos para olhar o Pinterest ou Instagram, ou até uma sessão de meditação ou alongamento. Pode ser também um banho quente com aquela buble shower que você ama. Isso vai te motivar a acordar na hora e quem sabe até ajudar você a de fato acordar.

Pratique algum exercício físico

A prática de atividade física ajuda na regulação do sono e também na sua qualidade, sendo inclusive recomendada pela equipe de Roenneberg para sincronização dos dois relógios.


Tenha alguma luz natural no ambiente de trabalho

Ter uma sala iluminada pela luz do sol na hora do trabalho auxilia na consciência corpórea e na regulação do relógio biológico. Você pode também fazer uma caminhada no sol na hora do almoço, caso não possa ter uma sala assim.

Um café da manhã maravilhoso

Já se é em muito discutido que a principal refeição deve ser o café da manhã que deve ser constituído de proteínas, cereais e frutas, todos balanceados.

Ligue o rádio de manhã

Para acordar, que tal música? Talvez o programa de rádio local ou a seleção musical que você mais ama. Eu adoro escutar jazz de manhã através das rádios gringas no meu celular.


quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Peach Echo - Como Usar

Peach Echo é um coralzinho bem simpático puxadinho pro rosa e acredito que será fácil de combinar. Como tem o tom puxado para laranja vai ficar muito bonita com o roxo e o azul marinho, suas cores complementares na paleta.

Você pode comprar tanto os itens da cor para ressaltar roupas neutras como comprar roupas na cor e procurar um contraste com acessórios mais escuros.

Seguindo a linha do Rose Quartz, tentarei mostrar looks aqui com os itens chave já apresentados nos looks anteriores. Querem ver algumas ideias? Vem comigo!




Este look neutro permite que você use as cores com versatilidade para trabalhar ou dar uma voltinha. Note que a calça, a bolsa e o blazer já apareceram em looks com o Rose Quartz.

O contraste funciona muito bem, ficando lindo e muito chique com preto e dourado. O tubinho, o sapato e a pulseira também já apareceram nos looks Rose Quartz.




No look Navy, o coral vem para suavizar o contraste do look, dando um tom mais feminino. Aqui a única novidade é a bolsa azul e o cardigan.

Sobrepor tons rosados fica super legal! Note que o lenço Rose Quartz traz uma quebra harmoniosa no look. A única adição ao que já vimos é a saia de alfaiataria.



Nesse look, o destaque fica na cor Peach Echo através do vestidinho. Para não destoar, misture acessórios leves com mais marcantes, como a pulseira preta e os brincos. O blazer preto protege os ombros e costas do frio e geralmente está no guarda-roupa de todo mundo.

E vocês?Como pensam em combinar a cor? Compartilhem suas ideias por aqui!




terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Isto e Aquilo - Fevereiro/2016

Fevereiro está aqui, carnaval chegando - e para mim é sinal apenas de um pouco de descanso -, e trago para vocês neste post tudo aquilo de que gostei e achei interessante nesse mês.

Links


A italiana Maria Montessori foi uma pedagoga italiana que marcou o século XX. Muito conhecida pelos quartos montessorianos (que andam muito em voga ultimamente), ela focava na liberdade, atividade e estímulo das capacidades físicas e mentais infantis. Nesse link temos 19 mandamentos, que podem ser utilizados como linha-guia na criação das crianças.


Neste post temos um lista com 52 livros escritos por mulheres (sim! viva o empoderamento!) para você ler em 2016. E nada de "Cinquenta tons de cinza", ok? Nessa lista só tem autora conceituada como Gertrude Stein, Alice Munro (que ganhou o Nobel de Literatura), Simone de Beauvoir e brasileiras como Clarice Lispector e Carol Bensimon.


Chega a época das liquidações e a mulherada pira. Vemos o desconto e acabamos comprando coisas que nem vamos usar. Nesse Buzzfeed, algumas dicas para se tornar uma expert nas compras e realizar ótimos negócios no período das liquidações.


Este link vai para as mamães empreendedoras ou que pretendem abrir negócios. Nesse link da revista Época Negócios, saiu o ìndice de Cidades Empreendedoras de 2015, elaborado pela Endeavor e baseado em 56 indicadores. As cinco primeiras são São Paulo (SP), Floripa (SC), Vitória (ES), Recife (PE) e Campinas (SP).


Por essa ninguém esperava! Muito criticados nos dias de hoje, o tablet e os dispositivos móveis na infância são vistos tanto como aliados para evitar a sobrecarga dos pais mas também vistos como alienadores sociais e provocadores do sedentarismo. Esse estudo realizado pelo California State University traz resultados em que o uso moderado de tablets podem auxiliar no raciocínio lógico e capacidade de concentração dos pequenos. Lembrando que a recomendação é o uso MODERADO e deve ser controlado pelos pais, não sendo substituto de atividades físicas e brincadeiras não-eletrônicas.

A sua pontualidade diz muito sobre você. A sua impontualidade, mais ainda


Nesse ótimo artigo, vemos que o costume brasileiro de chegar uns minutinhos atrasados não é lá algo muito agradável e lá fora a impontualidade é vista como uma mancha de reputação. Você se atrasa? Será que os demais gostam? Basta lembrar quando o médico se atrasa e você fica lá esperando.


Neste link, a autora mostra como as mulheres têm buscado um consumo mais consciente de maneira à preservação de nosso ecossistema e a produção de menos lixo.


É fato que hoje em dia as crianças têm uma educação bem mais ambiental do que a que tivemos. Já peguei a nossa Alice dizendo coisas como "Desliga a torneira para não acabar a água" ou "Vamos desligar a luz para não aquecer muito o planeta". Essa fase da primeira formação é crucial para o desenvolvimento de bons hábitos de consumo ambiental e que maneira melhor do que fazer isso de forma lúdica através de filmes? Essa lista traz a indicação de sete filmes para ver com a criançada e se divertir aprendendo.


Sim, nós precisamos nos qualificar! Mas muitas vezes não tempos tempo e/ou dinheiro. Essa lista traz cursos online e gratuitos de renomadas universidades americanas, muitos deles traduzidos já para o português. Sem precisar gastar o seu dinheirinho e sem sair de casa, você pode aprender coisas novas e se especializar em uma determinada área, o que sempre traz competitividade ao seu currículo.



Sua filha usa maquiagem infantil? E outros cosméticos? A Alice recentemente teve uma forte reação alérgica a uma maquiagem veiculada como infantil e eu fiquei de mãos atadas, joguei o produto no lixo mesmo. Se você já se pegou pensando se o uso desses itens é adequado e afeta a saúde dos seus filhos, vale a pena dar uma lida nesse post.

Sabonete Líquido



Mahogany Pétales de Roses Blanches
Ganhei esse sabonete líquido no meu aniversário ainda em 2015 (faz tempo, ó!) mas não tinha usado ainda devido à alta quantidade de cosméticos cheirosos e maravilhosos que recebo em datas festivas (parece até que as pessoas adivinham do que eu gosto). Mas esse mês comecei a usar no banho e é incrível: apesar do cheiro de rosas, é bem suave e deixa um cheirinho gostoso na pele ao longo do dia que dura até quase a hora do próximo banho (que é à noite, diga-se de passagem).

Fora isso, a embalagem é linda e fica lá enfeitando meu banheiro, deixando ele com um ar provençal.

Preço: R$ 48,00 no site da Mahogany.

Perfume



La vie est belle, de Lancôme
Há um tempo atrás ganhei essa amostrinha do La Vie est Belle Eau de Parfum em um site de cosméticos. Eu já era fã do Hypnose, mas já estava enjoando dele para usar em ocasiões sociais. Este é um perfume doce, mas noturno. Embora adocicado, não é enjoativo (lembrando que tem que usar com moderação também) e tem uma fixação incrível. Lembra uma mistura de pêra, baunilha e especiarias. 

Preço: Entre R$ 220,00 e R$ 300,00 nos 30 ml.

Livro

Fábulas Italianas, de Italo Calvino
Confesso que este mês estou em dívida com a leitura, pois fiz deste um mês de organização (pretendo falar mais sobre isso no futuro), no qual tirei meu tempo à noite para organizar meu escritório, a área de serviço, a cozinha e meu closet. Então, meu horário de leitura ficou um pouco comprometido. Todavia tenho lido para o Pedro todo dia à noite antes de dormir, virando uma rotina. Como ele basicamente não tem paciência para uma história inteira, eu tenho lido contos para ele, de maneira a ele ir aumentando seu vocabulário e pegando gosto pela leitura. O livro escolhido foi o Fábulas Italianas, do Ítalo Calvino, uma reunião de fábulas coletadas pelo autor, todas elas contadas na Itália. Algumas são bem pesadas e não recomendo ler para crianças acima de 2 anos, mas como o Pedro ainda é pequeno, não vai entender né? As fábulas são bem divertidas e nem sempre acabam bem e ajudam a ver um pouco da visão lúdica da contação de histórias popular da Itália.

Álbum

Estratosférica - Gal Costa

Com a voz mais branda e menos estridente, Gal Costa se reinventa nesse agradabilíssimo álbum. Com ótimos recursos tecnológicos, é excelente para ouvir no carro ou em casa (enquanto se cozinha). Fiquei louca para ir no show dela: deve ser maravilhoso escutar todas aquelas músicas naquela voz e interpretação incríveis.

Aplicativo

Radio.pt

Na época do 3G, 4G e banda larga o rádio convencional evoluiu e não precisamos mais ouvir o velho radinho de pilha. Com o celular, esse aplicativo permite acesso a diversas rádios do mundo totalmente de graça. Você pode buscar rádios na Alemanha ou África do Sul e favoritar as que mais escuta. Funciona super bem numa conexão média de internet.


Citação



"Encontre pelo que se apaixonar e se mantenha tremendamente interessada nisso." (Julia Child)

O que acharam das recomendações? Quais outros links vocês acharam interessantes?




sábado, 6 de fevereiro de 2016

A importância da eterna insatisfação


Sim, nunca estamos plenamente contentes com a nossa vida. Por mais que tenhamos tudo o que uma pessoa deve ter para viver plenamente e em condições mínimas de vida, sempre queremos mais, sempre nos comparamos com os outros, sempre estamos insatisfeitos.

Segundo a pesquisa apontada neste link, o brasileiro de forma geral é contente com sua própria vida. Nesse estudo, com 5.130 pessoas de todo o Brasil, 52% dos pesquisados se considera feliz, mas apenas 10% se considera satisfeito com a própria vida. Fato que mostra que você não precisa necessariamente ser infeliz para estar insatisfeito.



"É possível ser feliz e estar insatisfeito com a própria vida"






Algumas informações mostram que:
  • 60% apontam o convívio familiar como base para a satisfação
  • 58% consideraram importante a espiritualidade
  • 57% mencionaram as relações afetivas

Do percentual que se considera infeliz, 66% é atribuído à estética, passando à frente de trabalho e família. Todavia, a estética é um parâmetro completamente relativo, baseado nos padrões impostos pela sociedade e pode ser modificado através da identificação dos incômodos e causadores de baixa autoestima.

O mais interessante é que no grupo dos mais insatisfeitos, 58% são mulheres na faixa dos 34 anos e apontam como principal motivo de descontentamento os seguintes aspectos:
  • O próprio peso
  • O stress

Parece que estamos lidando com a mesma problemática, sem saber que tudo tem solução. Será que reclamamos mas no fundo não fazemos nada? Ao meu ver, estes dois principais problemas me parecem solucionáveis a certo ponto.

A questão do peso pode ser resolvida com reeducação alimentar, força de vontade e exercícios físicos. Em relação ao stress, se não pudermos reduzir a carga de uma vida estressante podemos ameniza-la com meditação, leituras e busca da espiritualidade, ou simplesmente a busca de uma vida mais simples e minimalista, longe do consumismo desenfreado.

Da pesquisa ainda pode-se extrair que 39% dos brasileiros se consideram vivendo ao máximo, mas apenas 5% extrai seu completo potencial. Obviamente que falamos aqui de percepções pessoais e que podem não condizer com a realidade, devido ao constante bombardeamento da mídia sobre como devemos ser perfeitos em nossas carreiras, financeiramente, família e esteticamente.

No entanto, será que precisamos ser mesmo plenamente satisfeitos? Podemos sim ter alguma insatisfação em nossas vidas. Acredito que a insatisfação permite que possamos correr atrás dos nossos sonhos e realizarmos algo a mais como seres humanos. A insatisfação sempre moveu o mundo, gerou novas ideias e novas invenções.

"A insatisfação permite que possamos correr atrás dos nossos sonhos."


Alexander Fleming provavelmente inventou a Penicilina pois estava insatisfeito com as condições de saúde daquele tempo. Karl Marx fundou as bases do socialismo por insatisfação com o sistema de capital e de trabalho existente. Santos Dumont inventou o avião por insatisfação nos sistemas de transportes aliados a seus interesses pessoais e o sonho de voar. Posso continuar citando exemplos aqui, mas a mensagem é essa: nossa insatisfação e nossos sonhos podem gerar mudanças benéficas para nós mesmos e para o mundo. Detectando nossas reclamações e observando nosso potencial, podemos desenvolver uma vida plena e cheia de realizações.



"Nossa insatisfação e nossos sonhos podem gerar mudanças benéficas para nós mesmos e para o mundo."


E então? Como lidar com a insatisfação? A solução é encarar de frente e atacá-la! Elencar nossas insatisfações em uma lista é o primeiro passo, seguido das coisas que a fazem travar na busca à solução das insatisfações. Em seguida, liste seus potenciais e qualidades. Em seguida, procure enumerar a soluções: você pode até criar um projetinho pessoal com data de resolução, passos a serem tomados e pontos de monitoramento. Se você enumerar e for acompanhando, você terá uma percepção bem maior da própria satisfação pessoal e o gostinho de ver as coisas sendo aos poucos realizadas.

E quando eu realizar todos os meus sonhos? Tudo acaba e serei agora plenamente satisfeito? Se isso é possível, busque novos sonhos e expanda seu nível de insatisfação, sempre seguindo seus valores e princípios: você verá uma mudança maravilhosa no seu modo de viver.

E vocês? Como encaram a própria vida? Buscam realizar os seus sonhos? Como fazem isso? Conta aqui nos comentários.




sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

O meu Visionboard de 2016


Todo início de ano é hora de traçar as metas do ano que vem. Prometemos coisas a nós mesmas mas acabamos esquecendo ao longo do ano. Por isso, esse ano eu fiz diferente: fiz um visionboard. Ele é pouco conhecido aqui no Brasil, mas no exterior tem bastante gente fazendo.

Mas o que é um visionboard? Nada mais do que um quadro visual para você se manter em foco nas suas metas do ano, sempre as mantendo visível aos olhos pois desta forma não esquecerá. Fora que fica mais bonito e é todo customizável.

Mas como fazer?

O meu eu fiz assim:
  1.  Elenque suas metas para este ano. É interessante que as suas metas sejam quadrados perfeitos isto é: 2x2, 3x3, 4x4, 5x5. Mas se não tiver você pode usar sua criatividade para preencher as lacunas.
  2.  Em um editor de texto crie um novo documento A4 ou A5 no formato paisagem.
  3. Busque fotos na internet: uma para cada meta sua. Escolha fotos bonitas e que representem bem as suas metas.
  4. Vá colocando as fotos na imagem uma a uma, regulando tamanho e cor para dar harmonia.
  5. Salva e imprime seu arquivo, de preferência em um papel de boa qualidade em uma gráfica.
 O meu visionboard (da esquerda para a direita, de cima para baixo)

  1. Ter uma pele bonita e saudável: Ter uma rotina de cuidados, investir no antiaging, sempre tirar maquiagem, usar filtro solar, ter orgulho da minha pele.
  2. Economizar: Seja dinheiro ou recursos naturais, evitar o desperdício, ter boas provisões para realizar meus sonhos, planejar as finanças.
  3. Ser mais organizada: Planejar a semana e o mês, organizar documentos, closet e cozinha, manter rotinas de organização.
  4. Ser uma boa mãe: Dar boa educação a meus filhos, curtir cada momento com eles.
  5. Blog: Manter o blog, pesquisar, sempre trazer coisas novas.
  6. Alimentação saudável: Evitar alimentos nocivos, ter dieta balanceada.
  7. Minimalismo: Viver com menos, me desfazer do que me faz mal (inclusive falsas amizades)
  8. Leitura: Ler mais e com maior qualidade, estabelecer uma rotina de leitura.
  9. Qualificação: Me qualificar sempre para ser uma ótima profissional, estar bem informada.


E vocês, queridas?Quais são suas metas para 2016?Acharam interessante o Visionboard?